sábado, 11 de agosto de 2007

Tava demorando...


Hoje abri a página do NETVASCO e me deparei com uma chamada em negrito. Daquelas que se destacam no meio das outras notícias. Ela dava conta do possível interesse do Betis, da Espanha, em tirar o Leandro Amaral do Vasco. Por uns instantes fiquei petrificado.

Depois, pensando com mais tranquilidade, cheguei à conclusão de que é assim mesmo. Nenhum time termina o turno do Campeonato Brasileiro nas primeiras colocações impunemente. Os clubes europeus, principalmente esses "medianos" como o Betis, ficam muito atentos nessa fase de fim da temporada de contratações. O Brasileirão é um de seus principais alvos justamente pelo fato de nossos clubes serem fracos financeiramente. Ao ponto de um clube como o Betis, ter mais dinheiro pra oferecer ao Leandro que uma instituição do tamanho do Vasco, tetracampeão nacional, duas vezes finalista do Mundial, mais de 100 anos de vida e inúmeros outros títulos.

Isso não acontece só com o Vasco. Tirando o São Paulo, que consegue segurar um pouco mais seus jogadores, todos os outros clubes estão em situação parecida. O próprio Internacional-RS (atual Campeão Mundial Interclubes) vendeu o Rafael Sobis outro dia pro mesmo Betis.

A notícia sobre a possível venda do Leandro não está confirmada. Os supervisores do clube consultados dizem desconhecer tal proposta. Acho que nessa altura da competição perder o Leandro seria horrível. Com seus gols, e principalmente com sua raça, conquistou a torcida e se tornou, junto com o Andrade em 2006, um símbolo de uma nova fase do Vasco, quando brigamos pela Libertadores até a última rodada.

Tomara que nossos dirigentes também pensem assim, e não meçam esforços pra segurar nosso matador.

2 comentários:

Dennis disse...

Falaste tudo... De acordo, a saída do Leandro Amaral seria bem ruim para o Vasco no momento. Mas, para mim, pelo menos, não seria desesperador. Atualmente, o Vasco conta com muitos jogadores de ataque. O Allan Kardec está passando por um momento de baixa, mas já demonstrou talento. O Enílton tem entrado bem nas partidas, mostrando muita raça. Há os jogadores que chegaram do Cruzeiro. Enfim, há opções, sem contar as divisões de base...

Só acho que não podemos contar mais com o Romário. Mas isso eu deixo para você comentar.

Paulo da Cancela disse...

Alan Kardec é fogo de palha !