quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Internacional 0 x 2 Vasco - 16a Rodada


Confesso aos possíveis leitores que ainda estou anestesiado com a grande partida do Vascão ontem à noite. Tudo bem que eu estava confiante com a últimas atuações e resultados, mas vencer o atual campeão mundial, jogando em sua casa, da maneira como aconteceu, foi realmente fantástico.

Destaque principal para o primeiro tempo "de gala" da equipe cruzmaltina. Tirando o gol que o Pato perdeu com 1 minuto de jogo, o Vasco não foi ameaçado na primeira etapa, dominando completamente as ações em campo. O futuro craque colorado, talvez pela pressão de saber que a cúpula do Milan estava em peso no estádio para lhe ver jogar, se mostrou afoito, típico de quem quer mostrar serviço. Mas o Vasco não quis saber disso e fez 2 gols antes do intervalo, placar que seria mantido até o fim do jogo.

Entre os jogadores do Vasco, não há como não destacar a atuação de Perdigão (ex-colorado). Como está jogando esse sujeito! Confesso que quando sua contratação foi acertada, pensei: "Ah, não! Mais um 'coroa' pra ficar encostado aqui." Mas a verdade é que Perdigão acertou o meio campo do time, com números de fazer inveja até ao Pirlo (do Milan e da Itália). Só no jogo de ontem foram mais de 40 passes certos! Realmente impressionante!

Quando voltou para a segunda etapa, o Vasco não se deixou tomar pelos erros que cometeu na partida contra o Palmeiras , duas rodadas atrás, quando também abriu 2 a 0, mas permitiu a virada do adversário. Dessa vez, o Vasco jogou com cautela e firmeza na zaga, comandado pelo hoje capitão (merecidamente, diga-se de passagem) Jorge Luís.

No geral, o time todo de São Januário se portou bem, e a confiança de que podemos chegar mais longe do que uma vaga para a Copa Sulamericana começa a tomar os corações vascaínos. Como bem lembrou meu amigo Dennis Nery, do diário Lance!, nem o mais otimista dos vascaínos acreditou que na virada do turno do Brasileirão o Vasco estaria brigando pela ponta superior da tabela.

Os gols cruzmaltinos forma marcados por Allan Kardec e Leandro Amaral, o que prova que não é só o meio e a zaga que se acertaram, mas o time inteiro! O Allan especialmente é um jogador para prestarmos bastante atenção. Seus números nas divisões de base do clube o credenciam para tal, e desde que virou titular ainda não deixou de balançar as redes. Ver jogadores como Allan Kardec e Alex Teixeira (convocado pra Seleção sub-17 que vai disputar o Mundial da categoria) me fazem lembrar de um tempo em que o Vasco era um celeiro de grandes jogadores.

No mais, não há muito o que acrescentar: Vitória maiúscula e convincente, de um time e um técnico (principalmente) que a cada nova partida surpreendem positivamente seus torcedores. O Vasco ocupa agora a terceira posição do campeonato com 26 pontos, atrás apenas do líder Botafogo (31) e do São Paulo (28), que ainda joga hoje à noite contra o Juventude. Boa dica pra quem gosta de "secar" os adversários

Que continue assim...

P.S.: Tomara que o pessoal do Milan que foi lá ver o Pato não tenha prestado muita atenção no Allan... E ainda bem que o Perdigão não é mais um "garoto" senão eles provavelmente o levariam pra tomar o lugar do Gattuso no time de Kaká e Ronaldo .

Um comentário:

Vitor disse...

Que vitória importante essa !!!
Que venha Figayrense e Curinthians no nosso alçapão de São Januário !!!