segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Vasco 1 x 2 São Paulo - 36ª rodada - Campeonato Brasileiro

Alô, Almirantes...

Eu demorei para escrever porque queria ter diversas opiniões. Não queria utilizar um discurso de "já era", "acabou". De fato, a situação ficou muito, mas muito difícil... A derrota para o São Paulo foi decepcionante, triste. Depois da festa toda que os torcedores armaram em São Januário, sair com um gosto de rebaixamento do estádio não foi nada animador para uma semana que começa.

Pior que o Vasco lutou, fez um jogo de igual para igual com o líder do Campeonato Brasileiro. Mas, como disse Renato Gaúcho após o jogo: "venceu o time que tinha mais qualidade técnica". De fato. O São Paulo teve as mesmas chances que o Vasco, mas o time paulista teve mais qualidade para finalizar ao gol.

Rogério Ceni teve uma grande atuação, mas Rafael também teve. As duas equipes tiveram boas atuações, mas os jogo foi decidido nos detalhes. Esses detalhes, geralmente, dão certo para a equipe que tem melhor qualidade técnica e mais tranqüilidade. Se o Vasco não tivesse lutando contra o rebaixamento, o Edmundo não iria isolar aquele chute no fim da maneira que isolou.

Enfim, o Vasco perdeu e o rebaixamento está logo ali (como diria Fernando Vanucci).

...::: FICHA TÉCNICA :::... (fonte: LANCENET!)

VASCO 1 X 2 SÃO PAULO

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 23/11/2008 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa-RS)
Auxiliares: Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa-BA)
Renda/público: R$ 373.843,50 / 21.634 pagantes
Cartões amarelos: Madson, Edmundo e Jorge Luiz (VAS); Jean e Jancarlos (SPO)

GOLS: Jorge Wagner, 21'/1ºT (0-1); Madson, 30'/1ºT (1-1); Hugo, 3'/2ºT (1-2)

VASCO: Rafael, Eduardo Luiz, Odvan, Jorge Luiz; Wagner Diniz, Jonílson, Mateus (Alan Kardec, 29'/2ºT), Madson, Alex Teixeira (Pedrinho, 34'/2ºT) e Edu (Edmundo, 12'/2ºT); Leandro Amaral.
Técnico: Renato Gaúcho.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Anderson, André Dias e Miranda; Joílson (Jancarlos, 19'/2ºT), Jean, Hernanes, Hugo (Richarlyson, 34'/2ºT) e Jorge Wagner; Dagoberto e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho.


...::: MELHORES MOMENTOS :::...




...::: O QUE FAZER? :::...


Agora, o Vasco precisa de uma combinação improvável de resultados para se livrar da queda. Por mais que a situação seja assombrosa, o Vasco pode até perder uma das duas últimas partidas e se livrar do rebaixamento.

Confira:
Se o Vasco perder uma e vencer a outra: 40 pontos

- Náutico teria que perder para Atlético-PR (casa) e Santos (fora) * máximo: 0 pt
- Figueirense poderia, no máximo, empatar as duas partidas contra Botafogo (fora) e Internacional (casa) * máximo: 2 pts
- Portuguesa poderia vencer uma partida: ou do Sport (casa) ou do Cruzeiro (fora). Mas teria que perder a outra obrigatoriamente. Dois empates seria ideal. * máximo: 3 pts

Se Vasco empatar uma e vencer a outra: 41 pontos

- Náutico poderia, no máximo, empatar uma das partidas: ou com o Atlético-PR (casa) e ou com o Santos (fora) * máximo: 1 pt
- Figueirense poderia vencer uma partida: ou do Botafogo (fora) e Internacional (casa). Mas teria que perder a outra obrigatoriamente. Dois empates seria ideal. * máximo: 3 pts
- A Portuguesa não poderia vencer seus dois últimos confrontos: contra Sport (casa) e Cruzeiro (fora). Uma vitória e um empate da Lusa seria suficiente. * máximo: 4 pts

Se Vasco vencer as duas: 43 pontos

- Náutico poderia vencer uma partida: ou com o Atlético-PR (casa) e ou com o Santos (fora). Mas teria que perder a outra obrigatoriamente. Dois empates seria ideal. * máximo: 3 pts
- O Figueirense não poderia vencer seus dois últimos confrontos contra Botafogo (fora) e Internacional (casa). Uma vitória e um empate dos catarinenses seriam suficiente. * máximo: 4 pts

Ou seja, os principais adversários do Vasco nesta reta final são Náutico, Figueirense e Portuguesa. E o Vasco não depende só dele. A situação está braba, mas temos que torcer.


...::: AINDA TEM O NOVO UNIFORME :::...


(reprodução: site oficial do Vasco)



(clique na imagem para ampliar)


Hoje, no site oficial do Vasco, divulgaram o novo uniforme da Champs para o ano que vem. Praticamente extinguiram a faixa na diagonal. Na camisa branca, tentaram fazer uma faixa meio estilizada mas ficou muito estranha. Já a camisa preta, mesmo extinguindo a faixa, eu achei que ficou bem maneira.

Eu sou a favor das camisas estilizadas, diferentes assim como sou a favor de um terceiro uniforme. Mas perderam um pouco da mão.

Valeu, galera!
Temos que torcer...
SaraVasco a todos!


32 comentários:

Ruy disse...

É difícil manifestar algo com o meu baixo astral. É verdade Dennis que perdemos no detalhe, só que o nosso detalhe foi a constante do campeonato, ou seja, a defesa falha - lastimável !
Os goleiros foram muito bem, principalmente o nosso que conseguiu evitar o que seria um golaço (contra) do Wagner Diniz....

Já disseram aqui que o Leandro Amaral não deve estar mais com a cabeça em São Januário, e eu concordo.
A nossa torcida já vem fazendo a parte dela há muito tempo. Quem não está fazendo ou não fez nada se chama Dinamite, um amador brincando de administrar uma corporação do tamanho e importância que se chama Vasco da Gama!

Madson, um guerreiro.

Não ficarei mais de SE, ou Se/E então dá! A verdade é que cairemos. É complicado pensar que terei que secar times para os quais entregamos o jogo.

Abraços

Ruy disse...

Em tempo.....

Não gostei dos uniformes, o preto até que passa!

Murilo disse...

Acho bem prudente que o Sr. Roberto Dinamite já comece a planejar 2009 na 2ª divisão, para que as coisas não piorem no próximo ano. É incrível meus amigos, mas não temos ninguém da chapa do MUV para ocupar o cargo de vice do futebol! Acho que o nosso time foi entregue para o administrador errado. Quero ver se a imprensa que tanto aclamou o Dinamite, só por vingança ao Eurico, irá nos prestigiar na segundona.
Estou envergonhado!

Saudações

Almirante disse...

É dificil sim, mas acredito que se vencermos as duas que nos restam, ficaremos na primeira.

Quanto aos uniformes, achei-os absolutamente patéticos. Ser´-a uma decepção se eles foram assim de fato. Um desrespeito ao estatuto do clube. Não podem tirar a faixa diagonal da blusa, isso é um absurdo!

Ruy disse...

Concordo plenamente Almirante.


Abraços

Lenon disse...

Não temos como ter esperanças com esse nosso sistema defensivo, é brincadeira amigos. A do Mateus no gol do Hugo é de dar pena! O que adianta fazer contas se na hora H damos mole?

Abraços

Kiko disse...

PLANTÃO: "NEM NA TORCIDA SEU GAÚCHO!"


Renato Gaúcho: 'Não há paz psicológica no Vasco'

A derrota para o São Paulo tingiu de cinza as expectativas cruzmaltinas quando o assunto é fugir do rebaixamento. E foi o mesmo clima cinzento que predominou tanto no céu quanto dentro das quatro linhas, ontem, em São Januário, quando o Vasco voltou aos treinamentos. O abatimento era visível em todos os jogadores e, como já era de se esperar, a grande maioria foi evasiva ao ser procurada pela imprensa.

Nesse sentido a chuva caiu como uma luva para que alguns fossem logo para seus carros, sem conversar com os repórteres. No meio de tantos rostos desanimados e olhares esquivos, uma frase do técnico Renato Gaúcho definiu esta segunda-feira de São Januário.

"Não há paz psicológica no Vasco", diz o treinador.

E o retrato mais cru deste caos foi a entrevista do jovem volante Mateus, o único que apareceu para falar com os jornalistas após o treinamento. Nitidamente assustado antes de ser colocado no "paredão da imprensa", o jogador sussurrou ao ouvido do assessor de imprensa do clube: "Vai ser rápido, não vai?".

A palavra-chave das perguntas não poderia ser outra. Todos queriam saber do rebaixamento, e Mateus desabafou.

"Com certeza não era meu sonho defender o Vasco numa situação dessas. Um rebaixamento é algo que marca a gente, não é algo que qualquer jogador gostaria para a sua carreira". Mesmo acuado, ele ainda teve peito para assumir seu erro no segundo gol do São Paulo.

"Tentei ficar fora da área para ficar na sobra de bola e começar um contra-ataque, mas era o meu dever marcar o Hugo. Assumo a responsabilidade por aquele gol", admite.

Falar sobre a jogada que decretou a derrota do Vasco foi um sinal de maturidade. Infelizmente, essa maturidade não anda de mãos dadas com a tranqüilidade, que ainda está bem longe de São Januário.

A troca de pontapés entre o próprio Mateus e o são-paulino Hernanes, no domingo, foi um retrato disso. A pergunta que fica é: um trem desgovernado pode fugir do rebaixamento? Tanto a resposta para esta pergunta quanto o futuro do Vasco estão nas mãos de Renato Gaúcho, e o jogo contra o Coritiba será a hora da verdade para ele.

Fonte: Jornal dos Sports/NetVasco
==

Eu estou arrasado. Pagaremos pelos belos sorrisos do Dinamite, que não reforçou nosso sistema defensivo! Bastava um na zaga e um lateral esquerdo.

2009 será o pior ano da minha vida!

Saravasco

Gilberto disse...

Ó...PAÍ...Í...Ó


Aff meus reys!!! Eu tô é muito agoniado. E não é que o Dinamite já vê lado positivo no rebaixamento!!?? Êta cabra bufa fria, agora é caixão e vela!

Axé e Saravasco

Manfredi disse...

Acho que foi uma boa apresentação do nosso time, tirando o lugar comum que é a eterna falha da nossa zaga. Jogamos com empenho tipo o jogo contra o Goiás, só que do outro lado havia o já campeão esperando por um descuido nosso para dar o bote fatal!

Quando esse sofrimento acabar, falarei o que penso sobre essa atual administraçãozinha. Quero ver o apoio do MUV na segunda divisão!

Sofro quando me lembro dos pontos perdidos com o TitaNic

Não esperem nada do foguinho. Tínhamos que fazer a nossa parte!

´
Abraços

Célio disse...

Não é a hora dessa administração ficar pensando em camisa e sim em quem irá vesti-la no próximo ano!!!!

Duvido que se fosse o Eurico, nós estaríamos nessa situação vexatória.

Abraços

Digo disse...

Aê moçada, temos que vencer os próximos 2, basta isso e um pouco de secação!

Abraços

Liso disse...

É Digo basta só isso e rezar, bater tambor, chamar os filhos de Ghandy, os Hare Krishna, apelar pro Buda, Dalai-Lama, uma força pra Maomé, todos os profetas e mesmo assim não podemos nos esquecer do voodoo – isso tudo sem falar no nosso bom baiano GIL!


Aí sim eu acredito que dá.



abraços


Ps Estou preocupado com o sumiço do nosso amigo e grande vascaíno Leo.

leo disse...

E aí Amigos?

A impressão que se dá é a de que tomamos uma surra ou mesmo perdemos um ente querido. Eu, além de não dormir mais, ainda estou sem me alimentar direito. Mas vai passar, isso vai...

O time jogou bem, lutou, correu, criou inúmeras oportunidades e perdeu gols feitos, com nossas 02 maiores estrelas tendo atuações apagadíssimas. Uma coisa devemos reconhecer: melhoramos muito nos últimos jogos, porém esta reação foi tardia. Não sou covarde e nem perfeito. Quem sou eu para apontar um ou mais culpados? É mesmo uma pena amigos. Nosso ano foi um dos mais tristes de nossa gloriosa história: derrotas, eliminações precoces, vexames, dívidas, gozações, todas estas coisas estiveram lado a lado durante o ano. Vai ser difícil apagar da memória.

Motivos para que tudo isso acontecesse temos de sobra, mas, vou enumerar somente três:

01: Elenco limitado, defesa lastimável – o que dizer de nossa defesa? A mais vazada, zagueiros de categoria inferior que talvez não servissem para a série B. Bolas paradas foram nosso maior pesadelo. O que nós não entendemos é o fato de ninguém fazer absolutamente nada, para, pelo menos, tentar melhorar este setor. Contrataram um tal de Fernando, que, primeiro demorou para estrear, depois, jogou umas 03 partidas e foi para o departamento médico. Será que ninguém viu isso antes? E o que dizer do Pedrinho? Contratado depois de muita polêmica, ficou no banco o campeonato todo. Meu Deus, era só contratar uns 02 zagueiros e pronto. E o que dizer do Odvan, que tirou nosso melhor atacante de várias partidas decisivas num treino? Notaram que depois o L.Amaral não jogou mais?

02. O dever de casa – Equipes medianas/pequenas se mantiveram na elite por terem vencido em casa. Podem ir nas lotéricas e pegar os resultados dos sorteios e verão que na maioria das vezes, a coluna 1 prevalecendo. Se não bastasse, ficamos 09 ou 10 rodadas sem vencer. É ou não inexplicável? Por tudo isso, ao final é bem provável que fiquemos há 01 (UMA) vitória da elite. Uma só...

03. A estranha coincidência dos desesperados – foi só o Vasco começar a reagir para que todos os outros lá de baixo começassem também. Alguém aí pode citar uma rodada somente em que o Vasco foi beneficiado? Não amigos, não estou inventando, mas parece que há até um complô para que o Vasco caia. Não acreditam? Vejam: O Atlético Paranaense teve uma facilidade inacreditável para empatar com o Botafogo no sábado. Fiquei abatido e boquiaberto. Porém, o que mais me chamou a atenção foi a facilidade com que a Unimed venceu o Inter. Apesar deste estar com um time reserva, não é possível que os jogadores fossem tão omissos diante de um time mediano que estava lutando para não cair.

Agora amigos, estamos com 87% de chances de cair contra apenas 27% do Náutico, que é o primeiro fora da zona da degola. Acho os índices um pouco exagerados. E aí, o que dizer? Está quase impossível, eu disse QUASE. Precisamos, antes de qualquer discussão, VENCER o Coritiba. Depois, mais uma vez, virá uma torcida louquíssima por uma combinação nada animadora.

Vamos lá então?

Obs: O Dennis já esmiuçou direitinho as possíveis combinações que podem ocorrer. Ao comentar, quero trazer um pouquinho mais de esperança.

Penúltima rodada do campeonato brasileiro:

Coritiba x Vasco da Gama – Ganhar, ganhar e ganhar. Bem que o Coritiba poderia colocar um time reserva, para “prejudicar” o Atlético Paranaense. Não amigos, aqui não há essa possibilidade. O atacante Keirrisson (que nome viu) está na disputa pela artilharia. Sendo assim, se repetir o último jogo, o Coritiba tem tudo para sapecar mais uma goleada, mesmo não estando mais disputando absolutamente nada. Ao Vasco, cabe ganhar e desta feita, com uma atuação no mínimo convincente. Estou cansado de esperar por uma atuação decente de L.Amaral e essa turma de come e dorme. Paciência também tem limites né? Que o time caia, mas saia com a cabeça erguida e não envergonhada.

Náutico x Atlético Paranaense – Jogo mais importante da rodada para nós. Aqui, estaremos com um olho no Vasco e outro nos Aflitos. Aqui, meus queridos, fica até difícil escolher para quem torcer. Na verdade, alguém terá que perder pontos, sendo que, exatamente neste detalhe, estará nossa ESPERANÇA. Jogo complicadíssimo.

Vitória do Náutico – chegaria a 43 pontos com 11 vitórias e teria um Santos desmotivado ou desesperado na última rodada, isto é, se o Santos perder do Galo no Mineirão. Neste caso, o Vasco poderia chegar aos mesmos 43 pontos, porém com 12
vitórias. Aqui, o Atlético permaneceria com 42 pontos e pegaria na última rodada um desesperado Flamengo disputando uma vaga na Libertadores. Obs: Foi ótima a vitória do Cruzeiro domingo.

Vitória do Atlético – chegaria a 45 pontos e não poderíamos mais alcança-lo.

Empate – O Náutico ficaria com 41 e o Atlético 43. Aí, teríamos que torcer para as derrotas de ambos na última rodada.

Ufa amigos. Já nem sei mais o que dizer, o que fazer, para quem torcer. Na verdade estou tentando uma saída cada dia mais difícil para evitar uma queda iminente do nosso Vascão.

Uma verdade nua e crua porém vem (novamente) à tona. Este passou a ser o jogo mais importante de toda a história do Club de Regatas Vasco da Gama. Não amigos, não estou delirando. Com a vitória, decidiríamos tudo na última rodada. Portanto não cabe ao Vasco nem a cada um de nós desanimar no momento.

Ps: Não considerei os jogos de Portuguesa, Ipatinga e Figueirense. Seria muito sofrimento para nós. Vamos imaginar (pelo menos para esta rodada) que nossos maiores adversários serão mesmo o Náutico e o Atlético Paranaense. Trocar de posição com qualquer um é o que mais interessa. No mais, seja o que Deus quiser.

Abraços, se alguém conseguir, boa semana. Votos de um vascaíno sofrido, maltratado, mas ainda com um pinguinho de fé.

leo disse...

Liso:

Obrigado pela lembrança. Rapaz, o coração ainda está a mil. Hoje é que estou conseguindo digitar. Abraços.

Liso disse...

Leo - Estava mesmo preocupado amigo, pois todos nós estamos muito abatidos! Como sempre mais uma mensagem de esperança. Vamos lá!

Abraços

Carla Lia disse...

Eu também Leo ainda estou arrasada. Somente hoje tive coragem de deixar algum recado aqui. Na verdade não tenho nada a mais para declarar ou comentar. A nossa dor já diz tudo!

É amigos, além dessa preocupação com o nosso futuro, ainda estou preocupada com meu pai,. Palavras dele no final do jogo: Não pensei que fosse viver e ver o meu Vasco passar por tamanha humilhação! Meu pai é mais que fanático pelo Vasco, ele passou a maior parte da vida dele dentro da Colina.

Agora só nos resta esperar por mais dois jogos. Foram, sei lá, umas 16 rodadas de “agora vamos que dá” e chegamos ao final do tal túnel!

Abraços a todos os amigos

Ps. Obrigada Manfredi pela mensagem para o Pedrinho.

Lenon disse...

Imaginem no próximo domingo o Keirrison querendo virar artilheiro do brasileirão? Vamos sofrer muito.

Abraços

Digo disse...

Caracas Lenon... vai ser sufoco na nossa zaga zona.

[ ]s

leo disse...

Carla Lia, Lenon e Digo:

Duas partidas me chamaram muito a atenção no final de semana. A goelada do Vitória sobre o Grêmio e a impiedosa goleada do Coritiba no Santos. Esta última então, quando penso nela, ainda me dá arrepios.

Amigos, uma vitória sobre o Coritiba poderá mudar totalmente nosso panorama. É isso que os jogadores tem que entender. Meu Deus, uma hora tem que hvaer uma reação. Novamente, temos uma oportunidade que (sei que não depende só da gente) será a ÙLTIMA do ano e talvez da vida de muitos jogadores.

Quer dizer, se eles não acreditarem, o Coritiba (inexplicavelmente) poderá novamente se impor. Acreditem, só o fato de ter contribuido para a queda de um Gigante, poderá motivar o Coxa.

Abraços.

Paulo da Cancela disse...

Pois é amigo Leo, o Coxa e principalmente o Keirrison vão querer fazer o nome em cima do nosso Gigante.

Quanta angústia amigos!!

Abraços

Caio disse...

Será que o homem da mala preta vai entrar em ação?????

Abraços

Ignácio disse...

Vazou a notícia de que o Wagner Diniz já está vendido para o São Paulo e, a transação foi acertada antes do jogo! Já falam que aquele chute já foi efeito da negociação. Se essa transação for verdade, o Dinamite estará me saindo pior do que eu imaginava. Verdadeiro desrespeito a entidade Vasco da Gama.

Abraços

Ruy disse...

Ignácio - Não sou a favor desses recursos. Agora que eles existem é fato. Também acho que seria nosso único jeito!

abraços

ruy disse...

Foi mal amigo Ignácio, a mensagem anterior era para o amigo Caio - era sobre o assunto do homem da mala. Deu tilt rsrs

Boa noite e abraços

leo disse...

Prezados Amigos:

É tanta coisa que me aparece. São tantas contas, que, acabei ignorando os outros times que também lutam desesperadamente para fugir da ZR.

Assim sendo, o Figueirense ainda tem chances. Está à nossa frente e pegará um Botafogo totalmente desmotivado e fechará em casa contra os reservas do Inter. Talvez tenha até mais chances que o Vasco.

Quanto ao Ipatinga e a Portuguesa, no máximo conseguirão vencer somente mais um jogo cada.

Como se percebe, os problemas só aumentam. Já perdemos a referência, os jogadores estão totalmente abatidos e ninguém mais vê aquela famosa luz no fim do túnel.

Bom seria se o Vasco ganhasse e pelo menos adiasse para a última rodada todo nosso sofrimento. Talvez fazendo isso, surgiria um novo gás na colina, capaz de mudar um pouco o astral por lá.

Abraços.

Kiko disse...

PLANTÃO: "O BOB DINAMITE EXPLODIU!"

Declarações de Renato e divulgação de camisa irritam Dinamite

Além da constante ameaça de rebaixamento, os últimos acontecimentos no Vasco irritaram o presidente do clube, Roberto Dinamite. O dirigente ficou insatisfeito com as declarações do técnico Renato Gaúcho, que defendeu a entrega de uma “mala branca” com dinheiro aos adversários dos times que lutam com o Vasco contra o rebaixamento. Dinamite também desaprovou a divulgação de desenhos dos novos uniformes, confeccionados pela Champs, e que poderão sofrer novas modificações.

— São os efeitos da democracia. Quando há liberdade, as pessoas se confundem e passam informação errada — disse Dinamite.

Ao saber que Renato Gaúcho defendera a entrega de uma “mala branca” para jogadores de Botafogo e Atlético-PR, adversários de Figueirense e Náutico, respectivamente, Dinamite temeu que o efeito da declaração se voltasse contra o Vasco.

— A nossa situação é delicada. Se hoje você fala isso sobre os outros times, amanhã criam a mesmo coisa contra você — disse Roberto, negando a existência da tal “mala” no futebol.

— Eu joguei durante 20 anos e posso dizer que nunca me ofereceram ou ofereceram dinheiro para o Vasco.

Fonte: O Globo/NetVasco
==

A colina deve estar um barril de pólvora....

Vamos trabalhar seu BOB....Até agora não fez nadinha!

Saravasco

leo disse...

Olha essa amigos:

Terça-feira, 25 de novembro de 2008 - 20:54h Ordem no Vasco: vitória a qualquer preço - Segundo o volante Jonílson, gol pode ser de mão, com empurrão

O Vasco luta contra o rebaixamento nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro e uma vitória contra o Coritiba, no próximo domingo, é importante para a tarefa cruzmaltina.

Por isso, a palavra de ordem no elenco vascaíno é conquistar os três pontos no Paraná, neste fim de semana.

- Temos que vencer o Coritiba, ir com esse pensamento para lá. Seja com gol de mão, gol empurrado, mas temos que buscar os três pontos no domingo - afirmou o volante Jonílson.

O Vasco, 18º colocado, tem 37 pontos e, além de conquistar resultados favoráveis, precisa torcer para que rivais diretos, como Figueirense e Náutico, que estão imediatamente à sua frente na tabela.

Na última rodada do Brasileiro, a equipe cruzmaltina recebe o Vitória, em São Januário, no dia 7 de dezembro.

Fonte: Lancepress.

Obs: É isso aí. Tem que ter incentivo. Desanimar agora NÃO.

Lenon disse...

É isso ao Leo, só que o tal de foguinho é pura decepção para todos.....

Adiar seria uma boa! Teríamos mais uma semaninha de esperanças..


Abraços

Maldita Futebol Clube disse...

Cara qt aos uniformes só gostei um pouco do branco , mas serão opcionais para terceira linha, disse oCoelho. e qt ao jogo w. diniz parece que j´[a veste a camisa do São paulo e l. Amaral, otraíra, tem que sentar no banco. Temos é que aparar as arestas e unir nosso clube. Não cairemos mas por culpa única e exclúsiva da dupla dinamitex eurico estamos pr´[oximos da degoila , que se f...os dois, o Vasco acima de tudo!

Digo disse...

Heheheh Maldita, gostei!!!!

Já disseram que essa camisa preta tá mais pro peixe e foguinho, eu concordo...

Valeuuuu

Kiko disse...

PLANTÃO: ÊPA!! - DEPOIS FALAM DO EURICO !!"

Acusado de dar prejuízo de US$ 2 bi à Aracruz quer ajudar a gerir Vasco

O ex- diretor financeiro da Aracruz Celulose, Isac Zagury, rejeita as acusações dos controladores da empresa de que tenha violado as normas de política financeira da maior fabricante de celulose do mundo. Na segunda-feira, ele foi acusado pelos principais acionistas de ter lesado o patrimônio da companhia em operação com derivativos cambiais que deu prejuízo de US$ 2,1 bilhões. Por isso, deve tornar-se réu em processo na Justiça comum do Rio.

Um mês após deixar o cargo, Zagury, que ficou internado por 15 dias com depressão, resolveu se defender. "Nós mandávamos diariamente os valores de exposição (cambial) para o comitê de finanças, formado por um representante de cada acionista controlador (VCP, Safra e Lorentzen). Enviamos tudo, as operações contratadas pela empresa, os resultados até a data etc. Os conselheiros do comitê tinham a mesma interpretação que nós, ou seja, que o limite de exposição não havia estourado, senão eles teriam a responsabilidade de denunciar. Nenhum deles nesse período (até setembro) fez essa manifestação".

Zagury, que fez longa carreira no BNDES, disse que o hedge cambial sempre foi política da Aracruz aprovada em conselho. Segundo ele, a empresa começou a fazer operações com derivativos no primeiro trimestre, com o sinal verde do comitê financeiro e do conselho. Zagury não tem planos profissionais de curto prazo. Aos 57 anos, pensa em se dedicar a uma de suas paixões, o Vasco da Gama. Em São Januário, ele poderá participar da gestão do clube.

Fonte: Valor Online/NetVasco
==

Vão levar nossa grana que já é curta!

Sai fora picareta!!!

Saravasco

leo disse...

Um pouco de alento e esperança:

- Vasco ganhar do Coritiba.

- Figueirense perder do Botafogo.

- Náutico perder do At.Paranaense.

Pronto: Vamos depender somente de mais uma vitória na última rodada.

Dífícil? Sim. No momento, creio que o mais difícil mesmo será encarar o Coritiba. Imaginem que eles não estão mais lutando para nada. O Vascão porém vai na base do desespero, vai se expor. Diria eu que, se jogarmos como contra o Goiás, ou mesmo como contra o São Paulo, será suficiente para faturarmos os 03 pontos mais desejados de toda nossa gloriosa história.

Vascão sempre.