quarta-feira, 30 de abril de 2008

MARAVILHA!!!



Casaca, meus amigos!

Como muitos já devem ter lido por aí, hoje foi um dia importante na história do Vasco.

Nossa casa, nosso caldeirão, NOSSO ESTÁDIO de São Januário foi eleito a 1a maravilha da Zona Norte do Rio de Janeiro, concorrendo com fortes candidatos como a Mangueira (escola de samba), a Igreja da Penha, e o próprio Maracanã!

É mais uma prova da importância desse santuário do esporte, e do reconhecimento àqueles que contra tudo e contra todos resolveram erguê-lo por conta própria lá nos idos de 1927.

Um marco da coragem e perseverança de um grupo de pessoas movidas por uma paixão comum: o Club de Regatas Vasco da Gama!



Veja aqui a lista completa de concorrentes ao prêmio:
(fonte: Netvasco)

- A Fazendinha da Penha (Escola Nacional de Agricultura)
- Aeroporto Internacional do Galeão
- Avenida Oliveira Belo
- Castelo de Oswaldo Cruz em Manguinhos
- Catedral da Igreja Universal
- Editora Bloch (Revista Manchete)
- Editora CPAD na Vila da Penha
- Escola de Samba de Vila Isabel
- Escola de Samba Império Serrano
- Escola de Samba Mangueira
- Escola de Samba Portela
- Escola Municipal Grécia - com mural de Cândido Portinari na fachada
- Estádio do Bonsucesso
- Estádio do Madureira
- Estádio do Maracanã
- Estádio do Olaria
- Estádio do Vasco da Gama
- Igreja Assembléia de Deus de Madureira - estilo gótico
- Igreja Nossa Senhora da Apresentação em Irajá - 1613
- Igreja Nossa Senhora da Penha, construída em 1635
- Mercadão de Madureira
- Parque Ary Barroso
- Piscinão de Ramos
- Praça Barão de Drummond em Vila Isabel
- Praça da Rua Volta
- Praça Jardim do Méier
- Praça Ruben Wanderley (Largo do Bicão)
- Primeira Igreja Batista em Irajá
- Quinta da Boa Vista
- Rio Irajá - Rio de Integração com a Zona Norte
- Serra de Misericórdia


As 7 Maravilha da Zona Norte:

1a - Estádio de São Januário
2a - Catedral da Igreja Universal
3a - Estádio do Maracanã
4a - Igreja Nossa Senhora da Penha
5a - Igreja Nossa Senhora da Apresentação de Irajá
6a - Mercadão de Madureira
7a - Escola de Samba Mangueira


Parabéns ao Vasco!

Parabéns aos vascaínos!

Saudações..../+/....



P.S.: Para saber mais sobre a história do Estádio de São Januário clique aqui.


quinta-feira, 24 de abril de 2008

A volta do filho bastardo...

imagem: (autor desconhecido, porém sábio...)




Amigos!

Notícia oficial do Globoesporte.com:


"O atacante Leandro Amaral está de volta ao Vasco. Após uma conversa com o vice-presidente de futebol, José Luís Moreira e com o supervisor Paulo Angioni, o jogador aceitou retornar ao clube e cumprir o seu contrato até o fim. Nesta sexta-feira, o atleta já treina na parte da manhã, às 9h. O restante do grupo vai curtir três dias de folga. Com isso, Leandro se torna o primeiro reforço vascaíno para a disputa do Campeonato Brasileiro e, inclusive, da Copa do Brasil.

O dirigente vascaíno, que só vai encontrar Leandro Amaral quando ele se reapresentar em São Januário, confirmou o retorno do atacante ao time da Colina.

- Ele está automaticamente inscrito na Copa do Brasil e pode jogar normalmente. Ele se reapresenta e está incorporado. Ele é jogador do Vasco. Se o Lopes entender que ele deve jogar, ele o coloca para jogar - diz o dirigente.

No fim do ano passado, Leandro Amaral entrou em litígio com o Vasco para se transferir para o Fluminense. O jogador conseguiu uma liminar e acertou a sua ida para as Laranjeiras. No entanto, o time da Colina entrou na Justiça e conseguiu recuperar os direitos sobre o atleta."


Alguém aí quer comentar alguma coisa?

Eu prefiro esperar as cenas dos próximos capítulos...

Saudações ..../+/....



P.S.: Nova enquete sobre a volta do Leandro! No ar!!!



quarta-feira, 23 de abril de 2008

Criciúma 2 x 2 Vasco - Copa do Brasil - oitavas de final - jogo de volta

foto: Netvasco


Pois é, meu amigos!

Como todos aqui já previam, o confronto de ontem em Santa Catarina teve contornos dramáticos antes que o Vasco pudesse comemorar a classificação.

Mas apesar dos erros e das falhas individuais, o time acabou conseguindo avançar às quartas-de-final da Copa do Brasil.

Edmundo foi um caso à parte:

Confesso pra vocês que quando ele perdeu aquele gol de contra-ataque, quase sem goleiro, já me preparei para escrever aqui uma série de reclamações contra o nosso camisa 10. Principalmente porque logo depois desse lance o Vasco acabou sofrendo o primeiro gol, o que já igualava o placar do primeiro jogo e deixava o nosso time em situação difícil.

Mal sabia eu, que 10 minutos depois, o Vasco apresentaria seu maior reforço do ano pra torcida! Edmundo simplesmente resolveu voltar à jogar. E como jogou!!!

Primeiro fez um golaço, digno de se colocar uma placa no Estádio Heriberto Hulse!

Depois ficou meio sumido, e quando o Criciúma fez o segundo, eu já tava me preparando pra reclamar dele de novo: "Pô, quando a gente mais precisa ele some...".

Aí o Animal apareceu pra me calar mais uma vez, e com muita categoria, armou a jogada do segundo gol, que acabou de vez com as pretensões do adversário, que começava a ensaiar uma pressão em busca do terceiro gol, que daria a classificação ao "Tigre".

Sem dúvida nenhuma, essa foi a melhor atuação do Animal desde que regressou ao Vasco. Até as faltas ele bateu direito!!!

Se ele mantiver o nível de ontem (na saída do gramado ele mesmo disse que não é fácil jogar assim sempre) o Vasco passa a ter um time muito mais competitivo, pra qualquer competição que venha à disputar...

Seja bem-vindo de volta, Edmundo! Esse é o seu verdadeiro futebol! Tudo bem que demorou um pouco pra aparecer, e que ele podia ter tido uma atuação dessa no estadual. Mas como diz o ditado: "antes tarde do que nunca!".




MELHORES MOMENTOS






Titulares:


Tiago: Como disse o Gabriel nos comentários, "O Tiago tá f...%@!%$!". Na época que eu jogava bola, a gente costumava chamar quem tomava gols iguais aos de ontem de "Bracinho de Horácio". Lembram daquele personagem da Turma da Mônica? O Horácio, que era um dinossaurinho verde, com os bracinhos colados no corpo? Pois é... Além de ter o braço "curto", tá se posicionando mal demais. Aquele segundo gol então, do momento da cabeçada até a bola entrar, passaram-se uns 3 segundos! Uma eternidade! Sei não, hein? Acho que o Tiago tá balançando na posição...

Jorge Luiz: Definitivamente não vive sua melhor fase. Depois que o Eduardo ganhou a posição no time titular, sinto que o Jorge perdeu aquela postura de xerife da zaga, pra ser apenas um soldado meio perdido... Não tem mais a mesma personalidade e confiança de antes. Tomara que recupere e volte a jogar bem...

Eduardo Luiz: É o novo xerife do time. Grita, chuta pra frente e orienta os companheiros de setor. De quebra, ainda é ótimo cabeceador nas jogadas de bola parada, tanto na defesa quanto no ataque. Só falta ter um pouco mais de tranquilidade quando a bola está nos seus pés...

Vílson: Parece um morto de fome em cima de um prato de comida. Deve ser horrível ser marcado pelo Vílson, só de tanto que o cara bufa no cangote dos atacantes. E se der uma relaxada de 1 segundo com a bola no pé, lá vem ele com toda sua "fome" chutando tudo que vem pela frente. Tem muita força e juventude, e pouca técnica e inteligência. Mas pode evoluir muito, pois é apenas um garoto.

Wagner Diniz: Foi muito marcado o jogo todo. Até por isso, subiu muito pouco ao ataque, mas foi fundamental no resultado ao participar do gol do Alan, que deu a tranquilidade que o Vasco precisava pra se classificar.

Jonílson: Ontem foi MUITO bem. Foi importantíssimo pro resultado! Marcou demais, fez poucas faltas e errou poucos passes! É verdade que seu futebol não aparece muito pra torcida, mas ontem Jonílson foi impecável no exercício da sua função...

Leandro Bomfim: Quando ele joga o futebol do Vasco é outro! Mesmo sentindo um pouco de falta de ritmo e confiança por causa da lesão recente, enquanto esteve em campo Bomfim foi o único jogador do meio-campo que tentou alguma coisa diferente. Tem habilidade, bom passe e bom chute, e por isso, começo a achar que ele poderia jogar na função do Morais, que em jogos decisivos sempre nos deixa na mão.

Morais: Apagadíssimo! Como pode o nosso meia de armação passar o tempo inteiro que ficou em campo sem dar um chute no gol? Sem tentar uma jogada que não fosse aquela super manjada com o Wagner Diniz? Além disso, desperdiçou aquele passe do Edmundo que o deixou literalmente de frente pro goleiro! O que ele fez? Gingou pra lá, gingou pra cá, passou o pé por cima da bola, e deu ela toda quadrada pro Edmundo tentar fazer o gol... Não aguento mais esse futebolzinho do Morais sempre que o jogo vale alguma coisa..

Pablo: Mais uma vez foi bem! O gol do Edmundo inclusive saiu de um cruzamento seu, numa jogada em que só eles dois acreditavam. É verdade que em alguns momentos ele abusa um pouco da individualidade. Mas em termos de produtividade, já mostrou mais do que todos os laterais-esquerdos que passaram por ali esse ano. Eu acho que o Vasco deve seguir procurando um jogador pra posição, pois entendo que o Pablo jogaria muito mais como segundo-volante, na função que o Bomfim vem exercendo. Aí eu adiantaria o Leandro Bomfim e deixaria o Morais na reserva dele... Mas enfim, o Pablo ainda não pode ser chamado de craque, mas em termos de produtividade e principalmente personalidade, vem dando um banho em TODAS as outras promessas que Vasco apresentou esse ano: Alex Teixeira, Souza, Rodrigo Antônio, etc...

Jean: Até jogou bem, no que diz respeito à sua movimentação dentro de campo. Esteve sempre dando opção de jogadas pros companheiros, mas infelizmente não estava num bom dia quanto à execução das mesmas. Mesmo assim, é um jogador muito importante de se ter no elenco, seja como titular ou como opção no banco de reservas.

Edmundo: O CARA do jogo! Além de fazer aquele golaço histórico, assumiu a postura de líder e comandante que se espera dele. Quando recuou pra buscar a bola, armou as melhores jogadas do Vasco na partida, fazendo o que o Morais deveria ter feito. Se for pra jogar assim sempre, pega a camisa 10 e dá pra ele, sem discussão! Sem dúvida a melhor atuação desse retorno! Foi decisivo num jogo decisivo, exatamente aquilo que a torcida espera do seu craque...



Reservas:


Rodrigo Antônio: Entrou no lugar do apagado Morais, pra dar mais combate no meio campo já que a criação do Morais na partida era nula! Assim, o Lopes adiantou o Bomfim e fechou o Vasco mais ainda. No entanto a estratégia não deu muito certo, pois logo após sua entrada o Vasco tomou o segundo gol e o Criciúma ensaiou uma forte pressão. Achei que o Rodrigo ia ser expulso nos poucos minutos que jogou, pois era uma cacetada atrás da outra no desespero de evitar o terceiro...

Alan Kardec: Entrou no lugar do cansado Jean. Simplesmente é o artilheiro do Vasco na temporada. Mesmo contestado por muitos, não se abate e faz aquilo que se espera dele: Gol! E um importantíssimo! Os mais maldosos vão dizer que aquele gol qualquer um faria, e que além disso a bola ia pra fora e o zagueiro desviou pra dentro. Mas o fato é que não interessa! Ano passado quando estávamos ainda brigando pra não cair no Brasileiro, Alan foi importantíssimo ao fazer os gols que o Vasco precisava fora de casa, nas últimas rodadas contra Goiás e Corínthians. O gol contra o Corínthians então, foi tipo esse de ontem, a bola ia pra fora mas o zagueiro botou pra dentro! Coincidência? Não! Faro de gol, e "estrela de matador"...

Souza: Entrou no lugar do Bomfim pra jogar 5 minutos. Se limitou a compor o meio de campo e ajudar o time a deixar o tempo passar.


Técnico:


Antônio Lopes: Meu Deus! Como é bom ter um treinador de verdade de novo! Um cara que conhece o Vasco, e sabe da força dessa camisa como ninguém. É claro que eu discordo de algumas coisas que ele faz no aspecto técnico da equipe, mas mesmo discordando, sei que ali está alguém que ama o Vasco e que está buscando o melhor pro time dentro da sua maneira de pensar. Suas mexidas ontem foram perfeitas, embora eu discorde do time que tem começado jogando.

É isso, meus amigos!

Agora ficamos de camarote assistindo o confronto entre Corínthians-AL x Juventude pra saber quem enfrentaremos a seguir.

No primeiro duelo (ontem) o time de Alagoas se deu melhor e conseguiu o belo resultado de 2 x 0 em casa... Muito provavelmente deve ser o nosso adversário, apesar do Juventude ser conhecido pela força que tem jogando em casa, na Serra Gaúcha.

Mas enfim, venha quem vier, precisamos desse título e quem quer ser campeão não escolhe adversário!

Saudações ..../+/.....




terça-feira, 22 de abril de 2008

Manual do torcedor - Copa do Brasil - por Jared Calheiros

E aí, galera? Beleza?

O momento é de muita torcida!

Talvez o duelo desta quarta, contra o Criciúma, seja o mais importante do ano até aqui!

Por isso, deixo vocês muito bem acompanhados do Manual do Torcedor!

Valeu, Jared!

Saudações ..../+/....






Manual do Torcedor

Copa do Brasil de 2008

Oitavas de final




Recomendamos torcer para os times em CAIXA ALTA

Nesta quarta-feira três equipes estarão classificadas para as quartas-de-final e esperamos que uma delas seja o nosso VASCO.

Em tese, o time que deve enfrentar as maiores dificuldades é o Internacional, pois, jogando em casa, terá que reverter o resultado adverso do 1º jogo, quando perdeu para o Paraná por 2 a 0.

Já o Botafogo, teoricamente deverá ter menos dificuldades para conseguir sua classificação, uma vez que empatou fora de casa na primeira partida.


JOGOS DE VOLTA:


23/04 (quarta)

17h30 – Botafogo x PORTUGUESA - (1º jogo: 1 a 1)

21h50 – Criciúma x VASCO - ............ (1º jogo: Vasco 1 a 0)

21h50 – Internacional x PARANÁ - .. (1º jogo: Paraná 2 a 0)




JOGOS DE IDA:


23/04 (quarta)

15h15 – Corinthians-AL x Juventude - Nélson Feijó - Maceió

21h50 – NÁUTICO-PE x Atlético-MG - Aflitos - Recife


24/04 (quinta)

21h30 – Palmeiras x SPORT - .............. Parque Antarctica - São Paulo




Criciúma x VASCO

Nosso time tem a vantagem do empate e pode perder até por um gol de diferença, desde que balance as redes do Criciúma, pois marcar fora de casa vale como critério de desempate.

Se o Gigante da Colina fizer um gol, o Criciúma necessitará de três para obter sua classificação.

Este será o GRANDE TRUNFO para que o VASCO utilize uma postura ofensiva diante do time catarinense e transforme trunfo em triunfo.

Então, espera-se um jogo aberto, bom pra se ver.

Nesta Copa do Brasil o VASCO já eliminou Itabaiana-SE (1 a 0 fora, 3 a 2 em casa) e Bragantino-SP (2 a 2 fora, 2 a 1 em casa).

Por sua vez o Criciúma passou por Baraúnas-RN (2 a 2 fora, 2 a 0 em casa) e Icasa-CE (6 a 1 fora, eliminando o jogo da volta).

Se o VASCÃO se classificar, seu próximo adversário sairá do confronto Corinthians-AL x Juventude, que tem seus jogos assim marcados: 1º jogo nesta quarta-feira, dia 23, em Alagoas e 2º jogo na outra quarta, dia 30, no Rio Grande do Sul.

As oitavas-de-final encerram-se no dia 30 com mais cinco jogos (de volta), quando serão preenchidas as últimas cinco vagas para a fase seguinte: as quartas-de-final.

Até o momento, quatro equipes da série A do Brasileirão já foram eliminadas:

Atlético-PR, na 1ª fase, pelo Corinthians-AL;

Grêmio, na 2ª, pelo Atlético Goianiense;

Coritiba, na 2ª, pelo São Caetano;

Vitória, na 2ª, pelo Paraná.

VASCÃO... o negócio é sair pro jogo e buscar a vitória. Nada de se amarrar na defesa. É assumir postura de time grande. Só assim a classificação estará garantida.



segunda-feira, 21 de abril de 2008

Dia de festa!



Hoje, dia 21 de abril de 2008, é uma data duplamente festiva para o nosso blog!

Primeiramente porque há exatos 81 anos, o Club de Regatas Vasco da Gama apresentava ao Brasil e ao mundo, o Estádio de São Januário, até aquele momento o maior da América do Sul.



Os jornais da época, celebravam o acontecimento: (fonte: Netvasco)

O Globo (edição vespertina de 20/04/1927)

"INAUGURA-SE AMANHÃ O MAGESTOSO 'STADIUM' DO VASCO DA GAMA"


Correio da Manhã


"UMA DATA GRANDIOSA PARA O SPORT NACIONAL"
"O Club de Regatas Vasco da Gama inaugura hoje o seu magestoso stadium de São Januário"


Gazeta de Notícias


"O GRANDIOSO ACONTECIMENTO SPORTIVO DE HOJE"
"A inauguração do magestoso stadium do C. R. Vasco da Gama"

Jornal do Brasil

"UM GRANDE DIA PARA O SPORT CARIOCA"
"Inaugura-se, hoje, o magestoso stadium do Vasco da Gama - O Vasco enfrentará o Santos"


O Imparcial


"INAUGURA-SE HOJE O IMPONENTE ESTÁDIO DO VASCO DA GAMA"


O Jornal


"O MAIS BRILHANTE ACONTECIMENTO SPORTIVO DO ANO"
"O Vasco da Gama e o Santos em sensacional prova interestadual inaugurarão o stadium de S. Januário"


O Paiz


"VASCO DA GAMA INAUGURA HOJE O SEU STADIUM, QUE É O MAIOR DA AMÉRICA DO SUL"





De lá pra cá, muita coisa aconteceu dentro desse verdadeiro santuário do esporte.


Alegrias e conquistas memoráveis, mas também derrotas e tristezas que ensinaram.

Eu sou suspeito pra falar. São Januário é a minha maior área de lazer há muitos anos. Fica a 10 minutos da minha casa. Ali dentro vivi algumas das maiores alegrias da minha vida, como a vitória contra o Barcelona de Guayaquil na Libertadores de 98, os jogos dos Brasileiros de 97 e 2000, o milésimo gol do Romário e tantas outras vezes em que tive o privilégio de ver a história ser escrita diante dos meus olhos... Dentro desse templo...

Por isso, sei que no dia de hoje existe uma alegria muito especial dentro do coração de cada vascaíno.

Uma sensação que nossos adversários do Rio não compartilham. Um sentimento de se ter uma casa, um patrimônio, um pavilhão. Uma arena para receber nossas batalhas e escrever a nossa história centenária!

Parabéns São Januário! Parabéns Club de Regatas Vasco da Gama!

O outro motivo festivo da data de hoje, é que nosso blog chegou à marca de 10.000 visitas!

Queria compartilhar com cada um de vocês essa alegria, e agradecer imensamente a participação intensa, e pra mim supreendente, que esse espaço alcançou em tão pouco tempo.

À principio tive a idéia de colocar aqui o nome de cada um que já comentou nesse blog, mas quando fui começar a ver os nomes lá atrás, percebi que seria o trabalho de um dia inteiro!!!

Que continuemos assim, discutindo e argumentando com respeito às opiniões alheias, já que aqui estamos todos do mesmo lado, brigando pelo mesmo interesse, que é ver o nosso Vasco vencedor...

Mais uma vez, agradeço a participação de todos vocês, os que comentam e os que apenas passam aqui pra visitar e dar uma olhada.

Um forte abraço à todos!

E saudações ..../+/....



P.S.: Pra quem deseja saber mais sobre a história do Estádio de São Januário, recomendo essa matéria que o Netvasco fez ano passado, na ocasião da celebração dos seus 80 anos.

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Vasco 1 x 0 Criciúma - Copa do Brasil - oitavas-de-final

foto: VipComm



E aí, galera?

Beleza?

Queria muito ter ido ao jogo hoje, mas como estou vitimado por uma virose mais forte que o gogó do nosso Delegado Lopes, isso não foi possível.

Até tentei forçar uma barra, porque o jogo era muito importante, mas a chuva fina que caiu nessa noite de quarta seria fatal para o meu estado de saúde.

Acabou que foi melhor assim, pois acho que ver ao vivo o Vasco desperdiçar a chance de praticamente definir o confronto teria me matado do coração, e não de gripe!

É notório que nosso time está mais arrumado em campo, e isso é mérito absoluto do Lopes. Mas manter a equipe com 3 zagueiros, em casa, precisando construir um resultado, quando um jogador adversário é expulso no primeiro minuto do segundo tempo... é dose !!!

Pra piorar a situação, antes do chorado gol sair, o Vasco ainda teve a petulância de tomar uns 3 ou 4 contra-ataques com um jogador a mais em campo, quase botando tudo a perder...

A derrota hoje, ou até mesmo um empate, teria sido um desastre completo...

Se o Vasco pensa em ser campeão da Copa do Brasil, precisa saber usar melhor o mando de campo a seu favor, como sempre foi a tradição do nosso caldeirão!

Repito: O Vasco perdeu uma ótima oportunidade de praticamente matar o duelo hoje! A quantidade de gols desperdiçados nos dois tempos foi algo inadmissível pra um time que tenha qualquer pretensão de título numa competição mata-mata.

Agora lá em Criciúma o jogo vai ser dramático, quando poderia ser apenas uma formalidade.

Vamos torcer...


MELHORES MOMENTOS







Titulares:


Tiago: Foi pouco exigido, mas na bola mais perigosa que o Criciúma chutou no gol, deu mais uma demostração de como NÃO se deve espalmar uma bola: pra dentro da área! Tenho medo que esse tipo de falha corriqueira do nosso arqueiro venha a nos prejudicar mais na frente! Alguém precisa falar com ele: "Ô Tiago! Espalma pra escanteio que é melhor, rapaz!"

Eduardo Luiz: Foi bem na marcação e no combate direto, mas deixa a desejar quando sai com a bola dominada. Geralmente erra o passe ou dá chutão! Mas vem evoluindo...

Jorge Luiz: Repito o que eu já disse aqui em outra oportunidade: parece que o Jorge é o jogador de todo o time que mais sentiu a mudança do esquema para 3 zagueiros. Fica querendo subir pro ataque toda hora, sem critério, e sem qualidade. Como o Criciúma pouco atacou, teve pouco trabalho no mano-a-mano.

Vílson: Vinha sem comprometer, mostrando a força física de sempre, mas se machucou e teve que sair no intervalo.

Wagner Diniz: Em São Januário, é sempre a nossa maior esperança. Bem marcado, não conseguiu tantas jogadas de linha de fundo, mas não decepcionou na hora de fazer o que mais sabe na vida: sofrer pênalti! Na minha opinião, salvou o Vasco de um vexame, mas perdeu um gol feito, no último minuto de jogo, que fez minha febre ir em 40 graus e voltar...

Jonílson: Achei ele mais enrolado do que de costume com a bola nos pés. Mas naquilo que ele é pago pra fazer, que é dar combate no meio-campo, foi relativamente bem. Mas a verdade é que o Criciúma pouco incomodou na maior parte do jogo.

Souza: Começou como titular cheio de confiança pelos elogios recentes do Lopes, mas não foi tão bem. O time sentiu muita falta do toque de qualidade do Bomfim no meio-campo, e o Morais acabou ficando meio isolado, porque o Souza não teve personalidade pra encostar um pouco mais nele. Foi substituído num misto de vaias e incentivos da galera...

Morais: Tá devendo! Depois da pífia atuação contra o Fluminense, eu esperava que hoje, em casa, ele fosse querer mostrar mais serviço. E querer ele até quis, mas toda vez que pegava na bola queria fazer algo mais espetacular do que o lance pedia. Precisa jogar mais simples e assistir menos vídeos do "Canal 100", e da Copa de 70, porque o futebol de hoje em dia é outro: mais objetivo e mais "pegado". Morais é bom jogador, não discuto isso... Mas precisa de orientação nesse sentido. E olha que ele já não é mais aquele garotinho, aquela "promessa", que precise ficar ouvindo conselhos pra encontrar seu melhor futebol. Já tem rodagem suficiente pra saber o que funciona e o que não funciona em campo...

Pablo: Mais uma boa atuação, principalmente no primeiro tempo. Na segunda etapa, inventou um pouco além da conta, e por vezes irritou a torcida. Mas de maneira geral, a galera parece estar satisfeita com ele. Eu estou, mas ainda não sei se a lateral-esquerda é a melhor opção pra ele. Talvez se ele tivesse jogado onde o Souza jogou hoje, seu rendimento seria até maior! Mas como NÃO temos NENHUM lateral de origem em condições no elenco, entendo a escolha do Lopes em colocá-lo lá.

Alan Kardec: Hoje foi mal demais! Até eu que sou fã dele fiquei revoltado com aquele gol que ele perdeu no final do primeiro tempo. Atacante de área não pode deixar passar chances como essa. Já toca pouco na bola justamente por essa característica, e sendo assim, quando ela chega, TEM QUE aproveitar! Foi substituído com justiça..

Jean: O melhor atacante em campo hoje! Se movimentou demais, abriu espaços, finalizou, sofreu faltas (inclusive cavou a expulsão do jogador do Criciúma), serviu os companheiros, enfim... foi o Jean que a gente conhece. Mostrou que, diferente do que muitos pensam, não é exclusivamente um jogador de segundo tempo, atuando no mesmo nível por quase toda a partida. Jean titular JÁ!!!



Reservas:


Edmundo: Entrou no lugar do Alan no intervalo. Logo nos seus primeiros lances em campo, teve duas chances de ouro e desperdiçou. Uma chutando de maneira ridícula um lance que ele mesmo limpou, e outra dando uma cabeçada (???) das mais estranhas que eu já vi na vida! Depois continuou participando bem do jogo e concluindo os lances muito mal. Na hora do pênalti, quando ele pegou a bola, eu não me controlei e gritei: "Que isso, Edmundo! Larga a bola, seu maluco!". Mas justiça seja feita, acho que ele fez a melhor cobrança de toda sua carreira. Graças a Deus! Apesar das péssimas conclusões, sua atuação acabou ajudando o Vasco a vencer, pois participou mais do jogo que o Alan.

Rodrigo Antônio: Entrou no lugar do Vílson no intervalo e teve pouco trabalho com o ataque adversário. Mas na hora que o Criciúma começou a ameaçar nos contra-ataques, confesso que temi pelo pior, pois achei que ele corria meio perdido, sem saber pra onde ir...

Alex Teixeira: O Lopes demorou uma eternidade pra colocá-lo em campo, visto que o Vasco jogou TODO o segundo tempo com um homem a mais. O jogo estava perfeito pra um jogador de velocidade como ele. Nos poucos 20 minutos que atuou, foi bem, conseguindo uma finalização perigosa e se movimentando bastante... Poderia ter sido melhor aproveitado hoje!


Técnico:

Antônio Lopes: Foi bem na armação do time que entrou em campo, e nas substituições. Mas foi muito mal no TEMPO em que resolveu fazer as mexidas, sendo cauteloso ao extremo num jogo em que era pro Vasco ter goleado. Mas tá bom, Delegado! Ainda confio no seu trabalho!


É isso, amigos cruzmaltinos!

Agora é esperar o jogo de volta, quarta-feira que vem (23/4), às 21:50h, em Santa Catarina.

Fortes emoções à vista...

Saudações..../+/....



P.S.: Galera, estou fazendo algumas experiências aqui no blog, colocando alguns vídeos ali na barra lateral, e alguns anúncios. Peço a compreensão de vocês enquanto eu não chego num modelo definitivo! E claro, aceito sugestões! Afinal, o blog é NOSSO!

..../+/....


terça-feira, 15 de abril de 2008

Manual do torcedor - Copa do Brasil - oitavas de final - por Jared Calheiros

Amigos!

Ainda estou de ressaca pela eliminação do Carioca, com o adeus oficial do Romário (pelo mito que se despede), e o embrólio com Leandro "Imoral" ("Amoral" também serve) que não termina nunca.

Mas como bem disse o nobre Jared nos últimos comentários: "Vida que segue..."

Sendo assim, temos que levantar a cabeça porque nesta quarta temos um compromisso muito importante!

Talvez, ou certamente, a Copa do Brasil é o título de maior significado que disputaremos esse ano.

Primeiro por ser um título inédito na nossa imensa sala de troféus.

E segundo por ser o caminho mais curto pra Libertadores, que é a competição à altura das tradições do Vasco.

Por isso, sem mais delongas, deixo vocês com o Manual do Torcedor, versão Copa do Brasil!

Valeu Jared!

Saudações ..../+/....




Manual do Torcedor

Copa do Brasil de 2008

Oitavas de final – Jogos de ida



Recomendamos torcer para os times em CAIXA ALTA

As esperanças do Vasco agora se concentram na Copa do Brasil, uma competição que pode colocar o Gigante da Colina dentro da disputa da Taça Libertadores de 2009. Para tanto, basta o Vasco superar seis adversários.

Já passamos pelo Itabaiana-SE e Bragantino-SP. Agora vamos enfrentar o Criciúma, o terceiro clube na caminhada rumo ao título.

O Criciúma, por sua vez, eliminou Baraúnas-RN e Icasa-CE.

Neste domingo, pelo Campeonato Catarinense, um gol do goleiro Zé Carlos aos 39min do segundo tempo deu a vitória ao Criciúma por 3 a 2 contra o Guarani.

O Criciúma está passando por uma boa fase e lidera o Campeonato Estadual, que conta com equipes como Figueirense, Avaí, Chapecoense e Joinville.

O Vasco precisa construir um bom resultado em casa para facilitar o segundo jogo lá, em Criciúma.



16/04 (quarta)


19h30 – VASCO x Criciúma – São Januário

20h30 – São Caetano x Atlético-GO – Santa Cruz - Ribeirão Preto

21h50 – PORTUGUESA x Botafogo – Canindé - São Paulo

21h50 – PARANÁ CLUBE x Internacional – Durival de Britto e Silva - Curitiba

21h50 – GOIÁS x Corinthians – Serra Dourada - Goiânia



23/04 (quarta)


15h15 – Corinthians-AL x Juventude – Nélson Feijó - Maceió

21h50 – NÁUTICO-PE x Atlético-MG – Aflitos - Recife



24/04 (quinta)


21h30 – Palmeiras x SPORT – Parque Antarctica - São Paulo



Sem fazer parte deste grupo, Grêmio e Atlético-PR já foram prematuramente eliminados.

Um jogo que imediatamente nos interessa é Corinthians-AL x Juventude-RS.

Do confronto destes dois sairá o adversário do Vasco nas quartas-de-final, caso o Gigante da Colina passe pelo Criciúma.



VOU TORCER PARA O VASCO SER CAMPEÃO,

SÃO JANUÁRIO, MEU CALDEIRÃÃÃÃO...

ou

JE VAIS TORDRE POUR LE VASCO ÊTRE CHAMPION,

SONT JANUÁRIO, MON CHAUDRONNNNNNNN !!!

Valeu, Lucio, pela “contribution”.



segunda-feira, 14 de abril de 2008

Enfim, o adeus...


Enfim, aos 42 anos de idade, a hora de parar chegou...

Alguns dirão inclusive que a hora de parar já havia passado...

O anúncio foi feito agora há pouco num restaurante, na ocasião do lançamento do DVD do Baixinho, que conta com 900 gols do seu repertório.

Gostando ou não da "pessoa Romário", precisamos entender que estamos diante de um momento marcante da carreira de um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos.

Se formos colocar somente os atacantes então, diria que Romário se encontra numa lista dos 5 mais sensacionais de toda a história!

E esse jogador, esse gênio, esse ídolo, partiu pra conquistar o Mundo tendo como porta inicial justamente o nosso Vasco da Gama: o clube que o lançou e o projetou para conquistar a imaginação e os sonhos de milhões de pessoas por todo o planeta.

Seja na Holanda, na Espanha, no Brasil ou em qualquer parte, Romário foi, e sempre será sinônimo de uma só coisa: Gol!

Só quem já teve Romário entre os 11 titulares do seu time sabe como é a sensação que se sentia quando a bola chegava nos seus pés dentro da área. Aquela expectativa de: "É agora!", "É gol!".

Isso inclui todos os brasileiros, pois o que ele fez pela Seleção, principalmente na Copa de 94, já exemplifica o que eu estou falando.

Imaginem então, o que sentiu a torcida do Vasco, nas 324 vezes em que ele balançou a rede a nosso favor...

O Vasco é importante na história de Romário, e vice-versa.

Se o Vasco o lançou para o Mundo, em contrapartida, nosso Gigante da Colina também ganhou muita exposição no exterior graças aos feitos do Baixinho. Desde a época que saiu menino para o PSV, na transação mais cara do futebol brasileiro até aquela época, até o milésimo gol, feito em São Januário, que correu jornais e sites mundo afora, não foram poucas as vezes que pessoas de todo o globo terrestre viram esse sujeito de 1, 69 m envergando a nossa camisa cruzmaltina.

Sendo assim, eu não poderia deixar de registrar aqui a importância desse anúncio, que marca a despedida de um mito nacional e mundial! Um filho ilustre do nosso Club de Regatas Vasco da Gama.

Certamente, o melhor atacante que eu vi jogar (com meus próprios olhos) nos meus singelos 27 anos de vida!

Entre ódios e amores, indas e vindas, choros e sorrisos....

Obrigado Romário! Por tudo!

Agora, fiquem com esse supervídeo, que conta com muitos, mas MUITOS gols, só com a camisa do Vascão!






Saudações..../+/....




P.S.: Para ver a ficha completa da carreira do Baixinho, clique aqui.


Vasco 1 (4) x (5) 1 Fluminense - Taça Rio - Semi-finais

É, galera! Tá virando rotina a gente não chegar nem mais nas finais de turno do Carioca! Estamos ficando mestres em cair na semi-final.

Mas pelo menos, dessa última vez, podemos dizer que nosso Vasco se comportou como time grande, e encarou de igual pra igual um adversário que é, teoricamente, bem mais forte que nós.

Sobre o Delegado Antônio Lopes, críticas e elogios:

Taticamente, foi quase perfeito! O Vasco não se comportava bem em campo como fez no Sábado havia muito tempo.

Ocupou bem os espaços e pela primeira vez no ano nossa defesa não bateu cabeça em TODAS as bolas que nos ameaçavam.

Só não posso concordar com o "professor" a partir do momento que ele deixa o Edmundo em campo tanto tempo, quando o rendimento dele em campo já era pífio. É verdade que o Animal procurou mais o jogo dessa vez do que nas experiências anteriores. Mas convenhamos que deixá-lo 85 minutos em campo não foi das atitudes mais inteligentes.

Outro que inexplicavelmente ficou até o final foi o Morais. Mas prefiro deixar pra falar sobre ele nas análises individuais...

E sobre a questão do jovem Pablo, não condeno o Lopes por ter escolhido o garoto pra bater o pênalti. No entanto, temos que concordar que o Delegado foi infeliz ao colocá-lo justamente pra bater o último e decisivo, justamente na estréia do garoto como profissional!!! Confesso que não entendi...


Mas de resto, não foi uma decepção total. Concordo com os amigos daqui que dizem que deveríamos estar com o Lopes há mais tempo. Suas mexidas na equipe surtiram efeito e o Vasco de hoje é certamente mais forte que o do Alfredo Sampaio. Uma pena que não tenhamos começado o Lopes desde o início do ano...

Agora nos resta torcer pela Copa do Brasil...

E no Campeonato Carioca, entre os 3 possíveis campeões, dou minha torcida para o Botafogo.

Além de ser o time do meu pai, e de eu não conseguir torcer pros outros dois em hipótese alguma, torço por uma conquista do Cuca, que na minha opinião está entre o 3 melhores técnicos do Brasil, ao lado do Luxemburgo e do Muricy.


OS GOLS





Titulares:


Tiago: Foi bem na partida, com excessão de mais uma espalmada pra frente da área, que caiu no pé do Conca, e quase originou o primeiro gol do Flu. Nesse lance, Tiago se recuperou bem, fazendo uma grande defesa. Mas parece que na escolinha de goleiros que ele frequentou não ensinaram pra ele que não se espalma pra frente!!! No mais, foi bem nos pênaltis, indo bem em quase todas as cobranças (quase pegou o do Tiago Neves com o pé!) e fazendo a melhor cobrança do Vasco! Parece que recuperou a confiança...

Vílson: Por incrível que possa parecer, acho que foi o melhor da nossa zaga na partida! Soube usar sua força física privilegiada sem fazer as besteiras de costume. Mostrou ótima recuperação em lances mano-a-mano e bom posicionamento! Eu costumo não gostar das atuações do Vílson, mas Sábado ele foi bem.

Eduardo: Também foi bem. Mostrou bom posicionamento e cortou muitas jogadas pelo alto (sua especialidade). Só achei que ele desperdiça muitas posses de bola com lançamentos (chutões!!!) na tentativa de uma ligação direta com o ataque. Se for bem trabalhado, pode se tornar um jogador útil e importante no Vasco.

Jorge Luiz: Na minha opinião, foi o pior dos três da zaga. Parecia ansioso, e se atrapalhou algumas vezes na hora de dar o cambate ao ataque tricolor. Parece que o Jorge é o jogador que mais sente dificuldade em se adaptar ao esquema de 3 zagueiros.

Wágner Diniz: O Vasco depende muito dele, e quando ele não joga nada, como foi o caso, ficamos sem nossa melhor opção. Tomou literalmente um BANHO do Junior César. Não conseguiu passar por ele NENHUMA vez, e em contrapartida, não tomou NENHUMA bola do lateral do Flu sem fazer falta. Agora me digam vocês: O esquema de três zagueiros não é justamente pra que os laterais seja liberados pra atacar mais? Então o que acontece com o Wágner? Acho que é o "efeito Maracanã", que também assola o pequenino Morais, seu cúmplice, compadre, companheiro de concentração... e por aí vai...

Jonílson: O futebol de sempre. Muita marcação, pouca criatividade. Mas com a vantagem de ser um cara que sabe das suas limitações, e portanto não se aventura a dar passos maiores que as próprias pernas.

Leandro Bomfim: Jogou muito atrás! E nesse aspecto tenho que botar a culpa no Lopes também, pois acho que ele errou na substituição. Ele deveria era ter tirado o Morais (que errava tudo!) pra colocar o Souza, e assim adiantar o Bomfim pra jogar onde é melhor pra ele, que é perto da área, onde ele tem facilidade pra limpar o lance e bater no gol! O Bomfim é o tipo do jogador que tem muito potencial de drible, passe e chute a gol, e seu lugar é próximo da área!!! Acorda Delega...

Morais: Me irritou muito! Se por um lado ele não é do tipo de jogador que se esconde, por outro lado, quando ele começa a errar as jogadas não pára mais!!! Vejam o VT do jogo e me digam quantos ataques do Vasco pararam no pé do Morais! Na maioria das vezes porque ele sempre quer fazer uma jogada sensacional, ao invés de simplesmente dar sequência no lance. De todos os passes decisivos que ele tentou (devem ter sido mais de 20!) só me lembro dele ter acertado 3, dois pro Wágner (um em cada tempo) e um pro Edmundo. É muito pouco pra um jogador que
esperamos que seja o nosso "craque". Acho que Morais é um bom jogador pra fazer parte do time, mas não pode jamais ser O CARA em quem depositamos nossa esperança de decidir a partida. Pra provar o que estou dizendo, me respondam: Qual foi a vez que o Morais foi DECISIVO em uma partida DECISIVA no Maracanã? NUNCA!!! Pra falar a verdade, só lembro de uma grande atuação dele no Maraca, contra um time misto do Flamengo, num longínquo Brasileirão, em que ele pegou a bola no meio de campo e foi parar dentro do gol... É muito pouco!!!

Pablo: Um caso à parte no jogo. Durante os 90 minutos, foi um dos melhores em campo do nosso time. Uma estréia impressionante pra um jogador que é promovido ao time de cima justamente numa partida decisiva no Maracanã! Mostrou uma personalidade fora do comum, e com certeza, nos dará alegrias daqui pra frente! Rezo à Deus que ele não fique marcado pelo pênalti perdido, e que a torcida o apoie nas próximas partidas. Acho que ele já é o novo dono da lateral-esquerda! Vamos ver se o Lopes o mentém pro jogo de quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Edmundo: Não foi a mesma "mala" dos últimos jogos, mas poderia ter saído mais cedo de campo. Depois que o Vasco fez o seu gol, Edmundo praticamente não tocou mais na bola. Fico na torcida de que os "comandantes" da Colina reformulem sua postura em relação ao Animal para o Campeonato Brasileiro, pois senão acredito que o Vasco vai passar por maus bocados. Repito: Não podemos ser reféns do prestígio de Edmundo em São Januário. Não pode jogar só com o nome...

Alan Kardec: Não adianta! Se o time não jogar pra ele, como o São Paulo está fazendo com o Adriano, é melhor nem colocá-lo em campo. Se o laterais e meias não entenderem seu estilo de jogo, escalá-lo como titular só vai servir pra queimar um jogador de grande potencial com a torcida. É uma pena...


Reservas:

Jean: Entrou no intervalo no lugar do Alan (eu tiraria o Edmundo, mas...). Como sempre, mudou o ritmo da equipe com sua velocidade e objetividade. Acabou fazendo o gol que parecia que nos daria a vitória, mas infelizmente a vantagem mal durou 4 minutos. Fico na torcida de ver o ataque Jean e Alan em ação, pois acho que é a melhor opção!

Souza: Entrou no lugar do Bomfim (eu tiraria o Morais, mas...). Foi bem no tempo que jogou, tanto na marcação quanto no toque de bola pelo meio. Vem amadurecendo a cada partida e ainda deve ser muito importante pro Vasco esse ano!

Alex Teixeira: Entrou no lugar do Edmundo faltando 5 minutos pra acabar o jogo. Tudo porque Lopes quis "preservar" o Animal (e a torcida...) de mais uma cobrança de pênalti dramática de Edmundo... No mais, nem teve tempo de pegar na bola.


Técnico:

Antônio Lopes: Taticamente foi quase pefeito. Armou o time muito bem e a fragilidade das partidas anteriores parece ter sido solucionada. No entanto, na minha opinião, foi mal nas mexidas, principalmente por manter Edmundo e Morais em campo por tanto tempo. Por isso, faço um apelo ao Delegado: "Professor, se você não conseguir se impor contra os medalhões, e deixar em campo aqueles que estejam em melhor momento, ninguém mais será capaz de fazê-lo! Confiamos em você, Delegado!"


É isso, meus amigos!

Próximo encontro: Quarta-feira, 16/04, 19:30 hs, em São Januário, pela Copa do Brasil!

O adversário é o Criciúma, que vem de bons resultados nas fases anteriores da competição.

Até lá...




Saudações ..../+/....




P.S.: Mais uma vez, venho aqui recomendar a leitura do Blog do Gago, e o
belo post sobre o aniversário do nosso maior ídolo: Roberto Dinamite!

Bela lembrança, Gabriel!

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Manual do torcedor - Taça Rio - semi-finais - por Jared Calheiros



Amigos!

Pra trazer boas energias pra esse confronto de Sábado, resolvi colocar esse vídeo junto do Manual do Jared.

É o Globo Esporte do dia seguinte da conquista do Carioca de 2003, nosso último título, contra o próprio Fluminense, nosso adversário na semi-final.

As similaridades não param por aí:

Naquela partida, o Vasco possuía um time composto por vários jogadores promissores recém promovidos da base, assim como o atual.

Se em 2003 tínhamos Léo Lima, Souza, e Cadu, hoje temos Alex Teixeira, Alan Kardec, e Souza. Sem falar no garoto Pablo, lateral-esquerdo, que ao que tudo indica vai ser mais um nessa "fogueira".


Os 3 garotos de 2003, por acaso (ou não) acabaram participando do lance mais fantástico do jogo, que culminou no gol do título: Cruzamento de letra de Léo Lima, escorada no alto de Cadu, e gol de Souza...

Quem sabe o roteiro não se repete?

Além disso, aquele time tinha como medalhão um jogador veterano, Marcelinho Carioca, assim como Edmundo é (ou deveria ser...) para o time atual. O fato é que naquele ano o Marcelinho tava "comendo" a bola.

Pra terminar as semelhanças, adivinha que era o técnico em 2003? O próprio! Mister "Sheriff" Antônio Lopes do Santos.

E o técnico deles? O mesmíssimo Renato "Ingrato" Gaúcho...

É isso, galera! A matéria é do repórter Régis Rösing, aquele engraçadinho que faz várias piadinhas (umas boas... outras nem tanto...) enquanto conta a história da partida.

Teve confusão (o tapa que o Lopes dá na cabeça do preparador do Flu é o melhor momento!), erro de arbitragem pros dois lados, mas no final o que ficou foi o lance mágico do Léo "Letra" e o título do Vasco. O último, diga-se mais uma vez... :(


Aqui a ficha técnica da partida:


VASCO 2 x 1 FLUMINENSE

Vasco
Fábio, Russo, Wellington Paulo, Alex e Edinho; Henrique (Rogério Corrêa), Bruno Lazaroni, Léo Lima (Rodrigo Souto) e Marcelinho; Marques (Cadu) e Souza
Técnico: Antônio Lopes

Fluminense
Kléber, Jancarlos (Zada), César, Zé Carlos e Jadílson; Marcão, Djair (Fernando Diniz), Alex Oliveira (Marcelo) e Carlos Alberto; Ademílson e Fábio Bala
Técnico: Renato Gaúcho

Data: 23/3/2003 (domingo)
Local: estádio Maracanã
Público: 77.590 presentes
Renda: R$ 691.808,00
Juiz: Samir Yarak
Cartões amarelos: Henrique, Léo Lima, Marcelinho, Souza, Alex (Vasco); Marcão, Carlos Alberto, Alex Oliveira, Zé Carlos, Djair e Jadílson (Fluminense)
Cartões vermelhos: Marcão (Fluminense) e Marcelinho (Vasco)
Gols: Léo Lima, a 1 min, Ademílson, aos 21 min do primeiro tempo; Souza, aos 15 min, do segundo tempo


Me diverti demais relembrando... recomendo que todos façam o mesmo!

Agora, fiquem com o Manual do Torcedor! E bom jogo no Sábado amigos!

Valeu Jared!

Saudações..../+/....





Manual do Torcedor

Campeonato Estadual de 2008

Semifinais



VASCO x Fluminense – Clássico dos Gigantes

Números a partir de 1991 (fonte: geocities.com).



Campeonato Estadual


40 jogos, 20 vitórias do Vasco, 14 empates e 6 derrotas.


Copa do Brasil:


4 jogos, 1 vitória do Vasco, 3 empates e zero derrota.


Campeonato Brasileiro:


21 jogos, 6 vitórias do Vasco, 11 empates e 4 derrotas.



TOTAL GERAL
:

JOGOS: 65

VITÓRIAS DO VASCO: 27

EMPATES: 28

DERROTAS: 10


Goleadas pró-Vasco:


4x0 01/Dez/91

4x1 03/Abr/94

5x3 14/Abr/96

3x0 21/Mar/99

4x0 07/Mar/04

Goleadas contra: nenhuma.


Números do jogo (fonte: chancedegol, do matemático Marcelo Leme de Arruda - mlarruda@terra.com.br)



Chances de cada time


Time / Chegar à Final / Conquistar o Título


Fluminense 53.9 % ...... 28.6 %

Botafogo .... 50.3 % ...... 24.9 %

Flamengo .. 49.7 % ...... 23.8 %

Vasco ......... 46.1 % ...... 22.7 %



Próximos jogos - semifinais


12/04, sábado, 18h30 - Fluminense (42.8 %) x Vasco (34.1 %) - empate: 23.0 %.

13/04, domingo, 16h00 - Botafogo (39.6 %) x Flamengo (37.6 %) – empate: 22.8 %.





P.S.: Recomendo à todos a leitura do último post do Blog do Gago! Emocionante!
Parabéns Gabriel!

+ Saudações ..../+/....





terça-feira, 8 de abril de 2008

Uniforme Novo!!!




E aí, galera?


Gostaram da nova armadura dos nossos guerreiros?

Eu gostei! Apesar de ter comprado uma camisa há cerca de um mês, e de agora já estar desatualizado...

Mas enfim... é isso aí... patrocinador gosta é de novidade pra sua marca, e o caminho é por aí mesmo.

Só fiquei um pouco decepcionado porque achei que o Vasco lançaria a tal 3a camisa, que costuma ser um pouco diferente da tradicional, assim como tivemos a toda preta sem faixa uns anos atrás.

Lá no Netvasco, os internautas fizeram algumas experiências pra servir de sugestão.

Sendo assim, peço licença pros meus amigos de lá para colocar aqui imagens daquelas que eu mais gostei, ou pelo menos achei interessante.

Infelizmente não poderei dar o crédito pros autores das obras, porque através do fórum ficou difícil de identificá-los. Mas se algum deles estiver lendo esse post, peço que se identifique para que eu possa colocar seu nome do lado da imagem.

São elas:











É isso, galera!

Aquela primeira, preta, eu acho linda! As baseadas na camisa de Portugal eu também gosto, mas acho impossível o Vasco descaracterizar tanto assim em termos de cores. Parece que o estatuto do clube nem permite.

Mas enfim, postei aí só pra registrar...

O que vocês acharam?

Saudações ..../+/....



segunda-feira, 7 de abril de 2008

Vasco 2 x 2 Flamengo - Taça Rio - 8a Rodada

foto: VipComm


Bem galera, tentarei ser breve como o futebol do Vasco ontem...

Chegamos às semifinais sem vencer nenhum clássico, e fomos o único dos grandes que não conseguiu bater o time reserva do Urubu.

Pior que isso, tomamos foi um calor danado desse mesmo time, e antes dos 15 do primeiro tempo já tínhamos levado 2 gols. E podíamos ter levado até mais, tamanha era a facilidade que os caras chegavam.

Uma triste constatação é que o trio ofensivo reserva do adversário (Tardelli-Marcinho-Maxi) é, na minha opinião, mais forte que o nosso titular (Edmundo-Jean-Kardec).

E por falar em Edmundo, parece que ontem ele foi uma unanimidade negativa. Tirando o Lopes, que disse que achou que o Animal fez um segundo tempo "excepcional", acho que todo mundo que viu o jogo (principalmente no estádio) perdeu a paciência com o futebol de "peladeiro" que o mesmo apresentou.

O problema é que além de jogar mal, e perder dois gols importantíssimos, com o Edmundo em campo o esquema do Vasco fica muito prejudicado, pois Jean e Bomfim são obrigados a atuar mais recuados do que deveriam. Principalmente o Bomfim, que tem bom chute e ótimo passe, e deveria jogar mais próximo da área, onde tem muito mais chance de ser decisivo à nosso favor.

O esquema com 3 zagueiros (ou a saga dos 3 "Luizes") fracassou completamente ontem, pois enquanto esteve em prática o Vasco conseguiu tomar uns 4 ou 5 conta-ataques inexplicáveis antes dos 15 primeiros minutos. E no gol do Arroz, tanta gente na área e ninguém sabia quem marcar...

Pelo menos, Lopes mostrou visão a tempo, e mudou o esquema logo no primeiro tempo, antes que o Vasco sofresse um vexame histórico diante do Urubu B.

Agora as semifinais vêm aí... e o coração já tá na mão! Tomara que essa semana de treinos que o Vasco vai ter sirva pra alguma coisa...

E tem que treinar muito. Porque ontem a coisa foi feia...


OS GOLS




Titulares:

Tiago: O mínimo que um goleiro deve passar é segurança. Ficar com medo toda vez que alguém ronda nossa área não dá. E é exatamente isso que está acontecendo. Infelizmente Tiago não vive um bom momento e parece que a confiança que ele demonstrava na sua chegada à Colina já não existe mais. A comissão técnica precisa se pronunciar a respeito. Quem sabe não é hora de dar uma chance ao goleiro Ricardo, dono de um belo e promissor currículo...

Jorge Luiz: Começou o jogo perdido como todo nosso sistema defensivo. Depois, com a entrada do Alex Teixeira, foi deslocado pra lateral-esquerda, onde pode realizar todas as subidas ao ataque dos seus sonhos! O problema é que por não ser da posição, suas subidas nunca eram pra chegar até o fundo e cruzar, como fazem os laterais. Mesmo assim, Jorge teve liberdade pra atacar e foi importante ao fazer o gol do empate, em bela cabeçada.

Eduardo Luiz: Foi muito elogiado durante toda a semana. A comissão técnica e principalmente o Lopes não cansaram de exaltar as virtudes do jogador ao longo dos treinos que precederam esse clássico. O elogio que mais me chamou a atenção foi: "Ele tem ótima leitura de jogo!". Procurei essa qualidade no jogo de ontem e tudo que eu vi foi um zagueiro que cabeceia muito bem, e adora chutar um tornozelo. Espero que eu esteja errado e eles certos...

Luizão: Peço desculpa por recentemente tê-lo colocado na escalação do meu time "ideal". É muito desajeitado e afobado pra jogar na frente da nossa área. O cara não consegue dominar um passe de lado sem deixar a bola escapar do seu pé. Pra mim ficou claro que bola e Luizão não têm uma relação de muita intimidade...

Wágner Diniz: Quando o Vasco resolveu jogar bola, foi a melhor opção de ataque. Mesmo assim, joga muito menos no Maracanã do que costuma jogar em São Januário. Parece que as dimensões do gramado fazem com que ele fique mais tímido no apoio quando joga lá. Mas se o time atua com 3 zagueiros para que ele tenha liberdade, e ele não consegue aproveitar, não existe porquê continuar insistindo...

Jonílson: Recebeu muitas críticas pela atuação de ontem. Eu não acho que ele foi tão mal assim. Pra mim, fez o que se espera dele: combateu bem no mano-a-mano e tentava se livrar logo da bola pra não se complicar. Inclusive, quando estava 2 x 0 pra eles, teve um lance (mais um contra-ataque...) onde ele ficou sozinho com o Tardelli dentro da área e tomou a bola na boa. Se fosse o Amaral em campo, ou era o terceiro gol, ou era pênalti...

Leandro Bomfim: Fica muito prejudicado quando o Edmundo joga, porque acaba assumindo uma postura de segundo volante e fica muito distante da área e dos atacantes. Mesmo assim, apesar de não ter jogado tanto como nas últimas partidas, foi o único cara do meio-campo que arriscou um chute de fora da área, e uma enfiada de bola pros atacantes. Numa delas, fez um lançamento de 50 metros deixando o Edmundo de frente pro goleiro, mas o Animal sequer conseguiu dominar a bola...

Jean: É sempre bom tê-lo em campo, pois mesmo que ele não jogue bem, só a movimentação incansável que ele faz já é suficiente pra abrir espaços e proporcionar boas chances de jogada. Mas assim como o Bomfim, fica prejudicado pela escalação do Edmundo, pois se vê obrigado a voltar mais pra recompor o meio do que deveria.

Calisto: Tomou tantas bolas nas costas no ínicio do jogo que foi sacado aos 35 do primeiro tempo. O tal de Luizinho tava deitando e rolando em cima dele, mas felizmente o Delegado sacou isso a tempo de evitar uma catástrofe. O fato de ter sido escalado como ala parece ter confundido o "CaLIXO", que esteve perdidinho enquanto jogou...

Alan Kardec: O artilheiro do Vasco na temporada 2008. E isso porque o time definitivamente não joga com ele. Se o Vasco jogasse com ele da mesma forma que o São Paulo tem jogado com o Adriano, tenho certeza de que seus números seriam muito melhores. Mas já estou cansado de defendê-lo enquanto os outros preferem criticá-lo sem levar em conta suas características, que são tão óbvias! Prefiro deixar que o futuro fale por nós! Ontem, deixou mais um, dando início à reação vascaína...

Edmundo: Bem, vamos lá... No primeiro tempo foi patético! Digno de pena! Não conseguiu fazer nada além de desperdiçar chances de ataque e não dominar uma bola que era gol certo (passe do Bomfim). No segundo tempo, melhorou um pouco (mas bem pouco mesmo...) só pelo fato de ter se movimentado um pouco mais, mas perdeu um gol ridículo, chutando igual uma "donzela" um lance cara-a-cara. Se fosse um jogo decisivo eu tinha infartado!!! Eu confesso pra vocês que tô irritado com ele, pois quero vê-lo decidindo jogos a nosso favor e não contra nós! Atualmente, pro Vasco vencer uma partida, tem que fazê-lo "apesar do Edmundo" e não "graças ao Edmundo", como deveria ser... Ontem, a torcida inteira na arquibancada perdeu a paciência com seus erros e sua displicência em campo. Além disso, é visível a dificuldade física que ele enfrenta. Passou a maior parte do tempo tropeçando nas próprias pernas, ou dando carrinhos desesperados pra recuperar as bolas que perdia pra zaga reserva do Fla. Me preocupa muito o fato do Lopes ter dito que o segundo tempo dele foi "excepcional". Só se for excepcional no outro sentido, tipo Síndrome de Down, Altismo, etc... Minha posição é clara em relação ao Edmundo: Tá bem? Joga!... Não tá? BANCO...


Reservas:

Alex Teixeira: Entrou no lugar de um perdido Calisto ainda no primeiro tempo. Deu uma movimentação extra pra equipe, mas precisa aprender a ser mais objetivo nas suas jogadas, e procurar ir mais em direção ao gol, ao invés de ciscar pros lados... Acho que com o Lopes ele vai melhorar muito, pois o Delegado é mestre em orientar a garotada.

Edu: Entrou no lugar do Jean (que cansou...) no segundo tempo pra recompor a lateral com um jogador de origem da posição. Até apareceu pra jogar mas foi muito infeliz nas tentativas de cruzamento que fez.

Souza: Entrou no lugar do Jonílson (que tava pendurado no jogo) no segundo tempo. Vai mostrando que está evoluindo em termos de futebol profissional. Só precisa se espelhar menos no Léo Lima, e tentar dar mais ritmo nas suas jogadas. É uma cadência tão grande quando ele pega na bola, que parece até vídeo da Copa de 66...


Técnico:

Antônio Lopes: Mostrou humildade e visão pra reconhecer que o esquema de 3 zagueiros (ou a saga dos 3 "Luizes") não ia dar certo ontem. Corrigiu a tempo, e o Vasco mostrou força pra buscar o resultado e evitar uma vergonha maior. Espero que com uma semana livre pra treinar o Delegado consiga arrumar um pouco mais a "casa".


Meus amigos, é isso aí!

Depois dessa decepcionante experiência de ontem, seguimos sem ganhar clássico algum no ano.

Espero sinceramente que o futebol proporcione uma daquelas reviravoltas espetaculares que o tornam um esporte especial, e daqui há 10 anos a gente possa falar:

"Pô... lembra do Campeonato Carioca de 2008? Quando o Vasco chegou às semi-finais da Taça Rio sem ter ganho nenhum clássico, e depois ganhou todos e foi campeão?"

Mas que tá difícil, ah... isso tá!

Sábado estaremos lá contra o Fluminense... com o coração na mão e a esperança renovada, como sempre!

Saudações ..../+/....




P.S.: Estou criando uma nova enquete sobre o Edmundo pra medirmos sua atual popularidade. Vou deixá-la no ar por bastante tempo, para que sirva de "termômetro", de painel das atuações do Edmundo enquanto ele permanecer no Vasco.




sábado, 5 de abril de 2008

Manual do torcedor - Taça Rio - 8a Rodada - por Jared Calheiros

E aí, amigos?

Beleza?

Antes de deixar vocês com o Manual do Jared, gostaria de dizer mais umas breves palavras sobre essa questão da titularidade do Edmundo! Como não poderia ser diferente, o assunto gera muita polêmica e cada um tem sua opinião formada...

Eu já disse aqui que acredito que o Vasco monta um time titular mais forte sem a presença dele, mas isso não quer dizer que eu tenha "raiva", ou implicância com o Animal...

Já que ele está confirmado, vou torcer pra que ele faça 3 gols e acabe com o jogo! Não sou filho ingrato pra rejeitar a figura de alguém que me deu tanto num passado recente...

Só acho que ele devia receber tratamento de jogador profissional dentro do Vasco, e não ter regalias, preferências e vantagens pelo que já fez...

Deveria ser simples: Tá bem? Tá ajudando? Então joga... Não tá ajudando? Vai pro banco até estar em condições de ajudar...


Mas enfim, respeito todas as opiniões. TODAS mesmo!

Só tenho que discordar do que foi dito pelo Gabriel (foi mal amigo! rsrs...) quando diz que se o Calisto pode jogar, o Edmundo também pode.

Meu caro, não sei quanto a você, mas o Calisto não veio pra ser o camisa 10 do meu time. Eu não espero que o Calisto decida o jogo a nosso favor, nem que seja nossa referência em campo e no dia seguinte seja a matéria de capa dos jornais.

Já o Edmundo eu espero!!! E ele não tá conseguindo fazer isso. É só essa a minha bronca!!! :D


Mas enfim, amanhã Vasco 4 x 1 no Urubu, com 3 de Edmundo e um de Kardec! :D

Valeu Jared! Mais uma vez!

Saudações..../+/.... meu amigos!





Manual do Torcedor

Campeonato Estadual de 2008

Taça Rio - última rodada


Sugerimos torcer para os times em CAIXA ALTA

Confira os horários e os locais dos jogos da 8ªrodada da Taça Rio.
Veja a tabela abaixo. Os candidatos que disputam as últimas três vagas da série C do Brasileirão trazem a pontuação acumulada em todo o campeonato.

As equipes marcadas com o “R” lutam pelo não-rebaixamento.


Sábado, às 15h30:

Botafogo x BOA VISTA (19 p.g. em todo o campeonato) – Engenhão

Cabofriense (18) x Volta Redonda (17) – Cabo Frio

Macaé (18) x Americano – Macaé

Friburguense (17) x América (R) - Nova Friburgo

Mesquita (R) x Duque de Caxias (16) - Moça Bonita

Resende (16) x Cardoso Moreira (R) – Resende


Domingo, às 16 horas:


VASCO x Flamengo - Maracanã

Fluminense x MADUREIRA - Raulino de Oliveira



O CLÁSSICO DOS MILHÕES


A torcida do VASCÃO está empolgada com o novo técnico, que já conseguiu motivar a equipe, embora com pouco tempo de trabalho.

Morais, Jean, Wagner Diniz e Eduardo foram as peças fundamentais na vitória do Gigante da Colina contra o Bragantino.

Por outro lado, Antonio Lopes já deve ter passado orientações a alguns jogadores que tiveram um fraco desempenho na última partida, a exemplo dos titulares Tiago, Luizão e Calisto e os dois reservas Edu e Alex Teixeira.

Enquanto isso, Joel Santana promete escalar reservas, pois quer poupar os jogadores para a partida pela Libertadores, dia 9 de abril, fora de casa, contra o Cienciano-PER.
O urubu lidera o grupo A da Taça Rio, com 16 pontos, igual ao Fluminense, porém a urubuzada tem um gol a mais de saldo: 10 a 9.

Já o Fluminense enfrenta o Madureira, em Volta Redonda.
Fra ou fru, o que terminar em primeiro no Grupo A encara o VASCÃO na semifinal da Taça Rio.



BRASILEIRÃO SÉRIE C – Luta por vaga

Três vagas restantes da série C do Brasileirão estão sendo disputadas:

Boavista (19 p.g.), Cabofriense (18), Macaé (18), Volta Redonda (17), Friburguense (17), são as principais equipes que disputam as vagas, enquanto o Madureira já está confirmado.

Esta competição é muito importante, pois representa uma maneira de o clube continuar existindo sem precisar dissolver o time após o campeonato estadual.


DEUS SALVE O AMÉRICA

Pedir providência divina para um time que se identifica como “diabo rubro” é complicado.

A possibilidade de queda do América para a 2ª divisão é muito alta porque não basta só derrotar o Friburguense, lá, em Nova Friburgo - o que já é uma missão muito difícil -, mas torcer por tropeços de Mesquita e Cardoso Moreira.

É isso aí. Vamos partir pra cima e derrotar a urubuzada.

VASCÃO EM BUSCA DA CONQUISTA DA TAÇA RIO E DO CAMPEONATO ESTADUAL DE 2008.



sexta-feira, 4 de abril de 2008

Vasco 2 x 1 Bragantino - Copa do Brasil - 2a fase - jogo de volta

foto: VipComm

Galera!

Como já havia dito pra vocês, não vi o jogo!

Estou até agora com o ouvido entupido graças ao "eterno" Ozzy Osbourne...

Mas ontem, no intervalo entre uma música e outra, eu ligava pra casa pra saber como ia sendo a estréia do delegado.

Depois, conversei com 3 pessoas sobre o jogo, e somado ao que eu li, só posso chegar à 4 conclusões:


- Tiago foi inseguro mais uma vez. Ricardo tá merecendo uma chance! Tem um curriculo belíssimo e recentemente foi o eleito o melhor goleiro do Campeonato Gaúcho.

- Eduardo jogou muito bem como terceiro zagueiro, na sobra. Além disso, com ele em campo o Vasco ganha mais uma ótima opção de cabeceio dentro da área. Ontem ele deixou mais um na rede.

- O Morais voltou a jogar bem. Quem viu o jogo me disse que a ausência do Animal fez com que Morais chamasse mais o jogo pra si. E o fez com qualidade!

- Jean vai ser titular!!! E marcou o gol mais bonito da sua carreira inteira!!!


OS GOLS




Bem, meu amigos!

Agora deixo pra vocês me contarem o resto! O Vasco agora pega o Criciúma na Copa do Brasil, adversário que venceu o Icasa por 6 a 1, e vem embalado...

Enquanto isso, vamos nos preparando pra Domingo.

Mesmo sabendo que o jogo não vale muito em termos de campeonato, ele vale muito pro nosso orgulho.

Primeiro porque ainda não vencemos clássico algum esse ano, e segundo porque o adversário em questão é o Urubu...

Então é isso, galera!

Até lá!

Saudações ..../+/....




quarta-feira, 2 de abril de 2008

Manual do torcedor - Copa do Brasil - por Jared Calheiros

E aí, amigos?

Semaninha agitada, né não?

Eu confesso que gosto. Renova as esperanças. A gente sempre fica achando que: "agora vai!"...

Infelizmente, por motivos de força maior, não poderei acompanhar a estréia do Delegado Lopes.

É porque mais ou menos na mesma hora, estarei assistindo ao show do Ozzy Osbourne!!!

E pensar que eu vi um show dele há 12 anos atrás. Isso significa que eu tô ficando velho. Há 12 anos atrás eu já tinha idade pra ir em show de rock?! rsrs...

Mas certamente, quando chegar de lá, a primeira coisa que eu vou fazer é ver o VT do jogo. Não importa a hora que eu chegue! Muita curiosidade de ver como o time vai se comportar nessa estréia do Lopes, logo num jogo decisivo!

Mas deixemos de conversa fiada...
Deixo com vocês, o consagrado Manual do Jared, versão Copa do Brasil!

Saudações..../+/....







Manual do Torcedor

Copa do Brasil 2008 – 2ª fase



Recomendamos torcer para os times em CAIXA ALTA, cujos critérios de seleção são estes: TORCER...

a) para o VASCO acima de tudo;

b) para todos os pequenos que estiverem no caminho do VASCO, exceto quando jogarem ;

c) para os melhores entre os pequenos, mas de chaves diferentes da do VASCO, pois são eles que podem desclassificar algum time grande da disputa.



VASCO X Bragantino


Agora, com Antonio Lopes, que está de volta pela sexta vez, o Gigante da Colina vai enfrentar o Bragantino nesta quinta-feira, dia 03/04, às 19h30, em São Januário, no jogo de volta pela 2ª fase da Copa do Brasil.

No primeiro jogo, em Bragança Paulista, as equipes ficaram empatadas em 2 a 2. Quem vencer passa para a próxima fase.

Os empates de 0 a 0 ou 1 a 1 classificam o VASCO. Se o placar de 2 a 2 se repetir, teremos a disputa de pênaltis. Empate por três ou mais gols, o Bragantino fica com a vaga.

Classificando-se, o VASCO enfrentará, nas oitavas de final, o vencedor de ICASA-CE x Criciúma. Na hipótese de vitória neste confronto, o VASCO estará classificado para as quartas de final e terá pela frente Juventude-RS, Corinthians-AL, Paranavaí-PR ou Madureira.

Só na semifinal é que o VASCO poderá enfrentar algum time da série A do Brasileirão.

Nesta semana haverá jogos de ida e de volta, todos pertencentes à 2ª fase da Copa do Brasil.



JOGOS DE IDA:


02/04 (quarta)

15h30 - MADUREIRA x Juventude ............. – Giulitte Coutinho - Mesquita

19h30 - RIVER-PI x Botafogo ..................... – Correão - Bacabal

20h30 - ICASA x Criciúma ......................... – Romeirão - Juazeiro do Norte

20h30 - PARANAVAÍ-PR x Corinthians-AL – Felipão - Paranavaí

20h45 - Fast x GOIÁS ................................. – Vivaldão - Manaus

21h45 - CENTRAL-PE x Palmeiras ..........;.... – Luiz Lacerda - Caruaru

21h45 - ATLÉTICO-GO x Grêmio ................. – Serra Dourada - Goiânia

21h45 - São Caetano x CORITIBA ................ – Bruno José Daniel - Santo André

21h45 - Brasiliense x SPORT ........................ – Boca do Jacaré - Taguatinga



JOGOS DE VOLTA (veja, ao lado, os resultados do 1º jogo):

02/04 (quarta)

20h30 - PORTUGUESA x Volta Redonda – 0 x 0

20h30 - NÁUTICO x Juventus ................. – Juventude 2 a 0

20h30 - VITÓRIA x Paraná ...................... – Paraná 1 a 0


03/04 (quinta)


19h30 - VASCO x Bragantino ....................... – 2 a 2

21h30 - Corinthians x FORTALEZA ............ – Corinthians 2 a 1

Através dos jogos acima iremos conhecer mais cinco classificados às oitavas de final, sem contar as equipes que poderão seguir em frente apenas com o resultado do primeiro jogo – se vencer com diferença de dois ou mais gols.

Até o momento, só o Internacional está classificado para as oitavas de final, por ter eliminado o Chapecoense por 2 a 0 no primeiro confronto.

A Copa do Brasil começa a esquentar e o VASCO precisa do apoio de sua torcida.

Todos em São Januário; vamos lotar o Caldeirão e fazer a maior pressão em cima do adversário. Temos que demonstrar nossa força.

VOU TORCER PARA O VASCO SER CAMPEÃO, SÃO JANUÁRIO, MEU CALDEIRÃÃÃÃO...