quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Vasco x Avaí, 22ª rodada

Frustração.

Como todo Vascaíno, acho que hoje, o jogo marcou o ponto baixo da passagem de PC no Vasco.

Estranhamente, resultado por resultado, o do jogo contra o patético-MG foi bem pior, mas o sentimento era de que o Vasco não poderia fazer pior que aquilo, e fez.

Jogando melhor, em cima, e saindo na frente em casa, o Vasco mais uma vez dormiu e deixou o adversário buscar o resultado dentro de nossa casa, e o pior, era que o Vasco teve TUDO para tirar o pé da lama!

Diferente do jogo passado o time procurou sufocar o adversário, e embora esbarrasse na falta de criatividade da armação, era visível uma melhora, o gol sairia a qualquer momento. Demorou mas ele saiu, justo pela cabeça de Ramon, olhem como faz a diferença.

E poderia ter saído o segundo se Rafael Coelho não desperdiçasse um pênalti sofrido por ele mesmo, cobrado medonhamente.

Aqui cabe uma observação: Rafael não fazia bom jogo, até compreensível devido ao grande período fora de atividade, mas sua decisão de cobrar a penalidade ( e a permissão de Zé Roberto, quem deveria ter cobrado) e pior, sua arrogância ao ser entrevistado no intervalo, dizendo que em 2009 também perdeu pênaltis e foi artilheiro do campeonato, acabaram com o resto de paciência que eu tinha com ele.Ele foi UM dos artilheiros, ao lado de Élton. Quem sabe se ele NÃO tivesse perdido pênaltis, não haveria sido O artilheiro?

O segundo tempo começou como foi o primeiro, e o Vasco ia para cima, mas era notável a falta de poder de fogo no ataque, que teve a entrada do garoto sassarica, Jonathan.

Para piorar, Ramon como era esperado, foi substituído por Jumar, e novamente o Vasco virou um time manco, que ataca por um lado só.

MAS, o time cruzmaltino ainda era muito superior, e o Avaí se limitava a contra-atacar, levou perigo uma ou outra vez, contudo o jogo estava muito mais para sair o segundo do Vasco do que qualquer outra coisa, porém, sabe aquela estória “quem não faz leva”?

Foi assim denovo. Embora o Vasco tivesse um jogador a mais em campo, não parecia. Antônio Lopes simplesmente deu um nó no time de PC com duas substituições, e aos 27 minutos Rafael Carioca errou (provavelmente o único) passe na defesa e deu praticamente o gol para o Avaí, já que o time estava saindo para o ataque.

Curioso é que na hora, eu estava elogiando a atuação de Fellipe e de Carioca.

A partir daí o Vasco se perdeu, e vimos onze bobos tentando marcar, mas sem saber o que fazer com a bola. É impressionante como o ataque do Vasco NÃO chuta!

Nos minutos finais, o Vasco teve pelo menos três chances de chutar com perigo no gol, mas Jonathan, Zé Roberto e Fágner ou cruzaram ou tentaram o drible ou tocaram.

É a tal falta de homem-gol, e eu vou tocar na ferida outra vez, porque quando eu estou certo, eu gosto mesmo de jogar na cara:

Cadê os caras que diziam que Élton não faria falta ao Vasco?

Não, Élton não é nenhum craque e nem a solução de todos os problemas, mas certamente é melhor que Nunes e Rafael Coelho juntos.

Zé boteco ( Zé Roberto) e Tiririca (Éder Luís) bem que se esforçam, mas não sabem concluir em gol, e muito menos Jonathan.

À esta altura, mesmo com a volta de Carlos Alberto, não sei o quanto o time iria progredir neste quesito, uma vez que embora em campo se sobressaia aos demais, nem ele é grande finalizador.

Uma coisa é certa: o que o Vasco mais precisa é parar de cometer erros infantis. Precisa ser melhor o tempo todo, e não se desligar no fim. Precisa de atitude de vencedor, coisa que está faltando.

E precisa disso tudo, se arrumando com o que têm, já que obviamente reforços não virão, portanto, os jogadores ao invés de sair correndo de campo para o vestiário, deveriam escutar a torcida.

O Vasco hoje é um time sem-vergonha mesmo, bonitinho mas ordinário.

Talvez seja melhor passar três rodadas longe, para sentirem falta da sua casa e sua torcida que sempre apóia, e que também têm o direito de cobrar, já que ninguém está vestindo um nariz redondo e vermelho.

E aqui vai outra colocação pessoal: O meu querido amigo Léo, um dos freqüentadores mais assíduos do “Palavra comentou num post anterior que era por isso que a torcida não comparece.

Eu entendo o que ele quis dizer, ainda mais num momento como esse, mas pergunto: O que veio primeiro; o Ovo ou a Galinha?

E o galo, que briga contra o rebaixamento e têm média melhor que a nossa?

Não é desabafo não, ingresso custa caro, R$ 30.00 uma arquibancada no Vasco, e sinceramente não sei os preços praticados pelos nove times com média melhor, mas que os fatos estão aí estão…

O JOGO

O jogo começou com o Vasco partindo para cima e o Avaí apostando nos contra-ataques. Antônio Lopes decidiu povoar o meio de campo para dificultar as ações cruzmaltinas. O Delegado colocou cinco homens no setor e Sávio ainda recuava para ajudar na marcação. Mesmo assim, a equipe da casa conseguia dominar as ações, mas esbarrava em sua própria ansiedade.

O Vasco errava várias vezes no último passe, irritando o técnico PC Gusmão que gritava muito para orientar o time. Aliás, o técnico cruzmaltino e Antônio Lopes travaram um verdadeiro duelo nesse quesito. E o comandante avaiano deve ter ficado quase rouco ao ver o seu time desperdiçar uma chance clara, aos 18. Em contra-ataque, Patric levou a bola pela direita. O jogador tinha Sávio livre pela esquerda, mas passou fraco e deixou Dedé cortar. O zagueiro foi muito aplaudido pela torcida.

Mas quem mereceu mesmo aplausos foi Ramon. Voltando depois de longo tempo de inatividade, o jogador demonstrou muita desenvoltura em campo. Tanta, que marcou um gol digno de um verdadeiro centroavante. Aos 24, Eder Luis fez bonita jogada pela esquerda e cruzou na cabeça do lateral que, com categoria, mandou para o fundo do gol. Festa na Colina. E muita emoção de Ramon, que disse durante a semana que gostaria de voltar atuando bem.

E Ramon continuou jogando bem. Três minutos depois de fazer o gol, o lateral fez um lançamento sensacional para Fagner. Da defesa, o baixinho enxergou o seu colega na ponta-direita. O lateral-direito não fez por menos. Matou a bola e cruzou para a pequena área. Rafael Coelho pulou para cabecear, mas foi derrubado por Emerson. Pênalti para o Vasco. O próprio atacante, que estava apagado em campo, cobrou. E perdeu. Com um chute inacreditavelmente fraco, o jogador deu a chance para Renan defender.

O lance acordou o Avaí. O time catarinense passou a correr mais em campo e dominar as ações do meio-campo, se aproveitando das desatenções do setor defensivo do Vasco, que acabava fazendo muitas faltas perto da área para se recuperar. Em uma delas, Leandro Bonfim carimbou o travessão. O time catarinense ainda teve outras duas boas chances. Patric chegou a tirar tinta da trave, após cruzamento de Davi. Por sua vez, Sávio foi travado por Ramon na hora de finalizar dentro da área.

Um triste fato marcou a primeira etapa. Aos 32, Felipe Bastos cobrou uma falta com força e o goleiro Renan deu rebote. Rafael Coelho correu para chegar rápido na bola, mas o arqueiro se recuperou. Ao ver que tinha perdido o lance, o atacante vascaíno deixou o pé, acertando o jogador do Avaí. Isso bastou para que a confusão se instalasse em campo. Vários atletas do time visitante vieram em defesa do companheiro. Depois de muita discussão, Marcinho Guerreiro e Ramon foram advertidos com o amarelo.

Por questões físicas, já que os dois jogadores voltam de lesão, PC Gusmão fez mexidas para o segundo tempo. Ramon deu lugar a Jumar e Rafael Coelho saiu para entrar Jonathan. Com isso, o Vasco passou a apostar mais nas investidas pela direita, com Fagner, que estava bem em campo. Jumar ficava mais atrás para compor a defesa.

As mudanças deixaram o Vasco mais leve no ataque. Jonathan se movimentava muito e confundia a marcação adversária. E ainda contava com a ajuda de Fellipe Bastos, que agora avançava mais. O volante, aos 12, recebeu passe açucarado de Eder Luis e mandou uma bomba. Renan fez bonita defesa. O goleiro ainda levou um susto dois minutos depois, quando Zé Roberto recebeu passe de Jonathan e chutou muito perto do gol.

Vendo que as mudanças do Vasco surtiram efeito, Antônio Lopes resolveu responder. O treinador do Avaí tirou Davi e o inoperante Sávio para as entradas de Caio e Laércio. E as mudanças surtiram efeito imediato. Assim que entrou, Laércio deixou Rafael Costa livre na área. O atacante encheu o pé, mas Fernando Prass fez uma defesa sensacional.

A aparente reação do Avaí poderia ter parado por aí. Isso porque Emerson fez uma falta boba perto da área e recebeu o segundo amarelo, deixando seu time com menos um em campo. Mas o Avaí foi guerreiro. E partiu para o ataque para buscar pelo menos um ponto.

Rafael Costa fez boa jogada, aos 27, e chutou forte dentro da área. Fernando Prass fez mais uma bonita defesa. Mas o goleiro não conseguiu parar o lance seguinte. Leandro Bonfim lançou Laércio, que bateu para o fundo do gol. A torcida ficou congelada. E até o placar eletrônico, que demorou alguns minutos para anotar o gol do Avaí, parecia não acreditar que, com mais um, o Vasco levará um gol e estaria prestes a empatar mais uma partida em casa.

Mas foi o que aconteceu. O Vasco ainda tentou pressionar, mas errou muito nas finalizações. O time deixou o campo debaixo de gritos de "time sem vergonha" e de muitas vaias.

 

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 x 1 AVAÍ

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Renda/público: R$ 102.550 / 4.586 pagantes
Cartões amarelos: Titi, Ramon, Jumar (VAS); Gabriel, Davi, Emerson, Marcinho Guerreiro (AVA)
Cartão vermelho: Emerson, 20'/2ºT (AVA)
GOLS: Ramon, 24'/1ºT (1-0); Caio, 29'/2ºT (1-1);
VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Titi e Ramon (Jumar - Intervalo); Rafael Carioca, Nilton, Fellipe Bastos (Jefferson Silva - 31'/2ºT) e Zé Roberto; Éder Luís e Rafael Coelho (Jonathan - Intervalo). Técnico: Paulo César Gusmão
AVAÍ: Renan; Gabriel, Emerson e Rafael; Patric, Marcinho Guerreiro, Diogo Orlando, Leandro Bonfim, Davi (Caio - 15'/2ºT) e Sávio (Laércio - 15'/2ºT); Vandinho (Rafael Costa - 35'/1ºT). Técnico: Antônio Lopes

ESTATÍSTICAS

Estatísticas de Vasco 1x1 Avaí
Estatísticas de Vasco 1x1 Avaí

Estatísticas de Vasco 1x1 Avaí
Estatísticas de Vasco 1x1 Avaí

Estatísticas de Vasco 1x1 Avaí
Estatísticas de Vasco 1x1 Avaí

Fonte: GloboEsporte.com (texto) Youtube (vídeo), O Globo online (ficha), UOL( estatísticas).

1

2

Saudações…/+/…

25 comentários:

Fabinho disse...

É um time sem-vergonha mesmo que dá nojo, esse ´e o sentimento que não quer parar.

Esse time treina? Alegrem-se, se não fosse o Prass teríamos perdido a pelada.

Acho que daremos mais um vexame no Sul.

abraços

Vasconcellos disse...

Parabéns ao Lopes que matou o PC-empate e, acho que domingo estarei parabenizando o Roth. Acho que esse time não treina é nada!

Isso mesmo Fabinho, levantemos as mãos aos céus em agradecimento ao Prass. Se não fosse ele, teríamos terminado o 1o tempo já empatados.

Absurdo, 10 contra 11, dentro da nossa casa e um tremendo sufoco.

Contra o Inter, empate será goleada a nossa favor. Se preparem para o vexame.

Saudações

Lair Dias disse...

Situação muita crítica essa nossa. Não temos o tal homem gol, passes bisonhos, meio de campo(sem os craques) nada criativo, departamento médico lotado e banco zero!

Ontem foi preciso o Ramon se posicionar como atacante e finalizar como tal. E aquele pênalti? Melhor nem comentar!

PC afirmou em reportagem antes do jogo, que havia treinado intensamente finalizações...Pelo visto, todos foram reprovados.

Gabriel - Também fiquei incomodado com a arrogância do Coelho.

Prass nossa constante salvação, até quando? O que o Jumar ainda está fazendo na Colina?

O velho Antonio Lopes é muito mais técnico que esse PC. Ele tem o time na mão.

Domingo não verei o jogo.

Saudações

Ruy disse...

Lamentável o meu amado Vasco.
Contra o Inter, com este timeco, levaremos uma bela coça.

Depois ainda falam que é a pressão da torcida. Pera aí, ontem tinham mais ou menos 5 mil sofredores, que pressão é essa? Isso é desculpas de incompetentes. Por acaso, na hora do pênalti estávamos vaiando?

VERGONHA VERGONHA VERGONHA VERGONHA....

Paulo da Cancela disse...

O deboche já começou. Ontem na Sportv já diziam: Nem nos empates o Vasco vence, está empatado com o Palmeiras.
Ontem foi mais uma vergonha dentro do CALDEIRÃO. Acho que teremos sim é um CALDEIRÃO de CRISE!
E essa agora de treino noturno!? Acho que foi para driblar a imprensa criando matérias extras do jogo-da-vergonha.

Abraços

Carla Lia disse...

Ontem depois do trabalho peguei Pedrinho e meu pai e fomos para São Januário confiantes. Voltamos envergonhados e desesperançosos.

Quanta falta de garra, parecia que o Vasco é que tinha um jogador a menos.


Gabriel - também estou abatida.

Abraços e bom final de semana a todos.

Gilberto disse...

Ó...PAÌ...Í...Ó

Aff meu rey Léo, já dei início a uma reza pelos 40 pontos.

Fiquem abatidos não (Carla, Gabriel , Léo e todos daqui do blog) Os jogadores mesmo sem a grana estão numa boa e nem tcham pros torcedores. Os funcionários sim é que devem estar aperriados.

Se não fosse o Ramon e o Prass o vexame teria sido arretado.

Axé e Saravasco

Manfredi disse...

Acho que essa falta de raça, empenho e moleza aos adversários, tem uma identidade - SALÁRIO ATRASADO!

Reza forte aí bom baiano. Vamos precisar e muito

Abraços

Lenon disse...

Enquanto esse time não merecer meu suado dinheirinho, não piso mais em São Januário. Timeco sem vergonha!
E o Coelho deu uma de Dodô, pegou a bola, ajeitou e fez merda!
Reza por nós (torcedores) bom baiano, com esse time nem reza forte ajuda.

Caio disse...

O que esse timeco vai fazer lá em Porto Alegre, será só para passear e tomar chimarrão? Jogar bola é que não pode ser!

O Vasco atual, é um bando dentro de campo. Ninguém sabe o que fazer com a bola.

Esse treino coruja é pura palhaçada do PC.

Sds

Zé Julio disse...

Último lance o escanteio. O juiz com a boca no apito e eles ma batem curtinha... aí foi só apitar o final. Não era pra jogar no abafa, quem sabe o Dedé não metia de cabeça e se consagrava????

Como pode um time que não chuta querer vencer??? Êta time mal treinado e sem líder! Cansei!

Silva Vasco disse...

Amigos: essa INVENCIBILIDADE MEDÍOCRE acaba no domingo com uma tremenda goleada, quero ver como esse time vai desembarcar aqui no Rio.

Saudações cruzmaltinas

Digo disse...

Desisto, vou torcer pra não cair. PC tá me irritando. Dinamite em campanha e o vasco afundando.

CA precisa jogar até de muletas.

Se preparem pro pior no Domingo.

Léo disse...

Gabriel:

Primeiramente, não tenho intenção nenhuma de contrariar a quem quer que seja. Seu post (como sempre) sintetizou com perfeição o que foi o jogo e a realidade do Vasco ultimamente.

Não tenho o direito de falar o que bem der na cabeça, vocês não merecem. Ontem, porém, foi irritante. Mil desculpas Amigos.

Realmente, como disse anteriormente, a torcida do Galo talvez seja a mais fanática do Brasil. O que muito ajuda também é o fato do Estado de Minas Gerais ser muito grande, o que leva muitos torcedores do interior aos estádios, eles, que, sem chances de acompanhar o time na capital, o fazem quando este manda seus jogos por diversas cidade do Estado.

Com mais calma, percebe-se também que a torcida do Ceará está dando show, mesmo o time não fazendo aquela campanha digna (hoje empatado com o Vasco com 29 pontos), de quando o Pc era o técnico.

Mas, não vou desanimar. Lógico, minha confiança diante do Inter diminuiu, como também a fé numa vaga para a Libertadores. Mesmo assim Amigos, como dizem por aí: "Nada como um dia atrás do outro".

Abraços, bom fim de semana a todos.

Ruy disse...

Nada de desculpas amigo Léo. Estamos todos irritados e preocupados. Se não desabafarmos aqui iremos explodir!

Abs

kiko disse...

Plantão: MAIS FILANTROPIA!

Vasco cede 'sem custo' cinco jogadores ao homônimo de Sines

Cinco jogadores do Vasco da Gama do Brasil foram cedidos ao clube homónimo de Sines para integrar, na próxima época, a equipa alentejana, que disputa a primeira divisão distrital de Setúbal, no âmbito de uma parceria entre os clubes.

O protocolo celebrado entre os dois clubes, depois de uma visita a Sines, em fevereiro deste ano, do presidente do Clube de Regatas do Vasco da Gama (Brasil), Carlos Roberto de Oliveira (ou Roberto "Dinamite", como é mais conhecido), prevê o intercâmbio de jogadores "sem qualquer custo" para o clube português.

"Basicamente é um protocolo de colaboração entre o Vasco da Gama Atlético Clube e o Clube de Regatas do Vasco da Gama, que inclui o intercâmbio de jogadores", disse hoje à Agência Lusa Carlos Pereira, presidente do clube alentejano.

Fonte: Expresso.pt/Supervasco

==

E os nomes? Diretoria, favor incluir Jumar, Fumagalli e outros.

Saravasco

Gabriel disse...

Ruy, seu comentário foi dos mais inteligentes que já lí.

Léo, acho que você sabe que meu intuito não foi de te apontar como nada, só usei seu nome como exemplo.
Você é sempre livre para expôr seus sentimentos aqui, sejam quais forem, mais pensados ou de cabeça quente, e eu normalmente acompanho sua opinião.
Ontem não foi diferente, só digamos que nós dois temos pontos de vista diferentes quanto ao assunto torcida.
Eu também acho que nesse momento, o Vasco não merece 30 reais do meu orçamento, mas eu entro na minha própria retórica do Ovo e da galinha.
Viu como é complicado?


Interessante:
Eu achei que o carioca jogou um bocado!Lúcido e de passes precisos. um ou outro errado mais por ousadia que displicência, mas olhem como ele ficou com uma das piores notas!
Reflexo do passe para o gol do Avaí...
performance de atleta é assim: pode fazer um grande jogo, mas se falhar em um momento crítico, vai tudo pro ralo...

Vocês não sabem como foi difícil arrumar palavras para escrever aqui ontem!

Também acho que essa estória de treino noturno é uma sandice.
Se os caras treinam à luz do dia e fazem tanta besteira, imagina no breu da noite...
Idéia de girico, como diria minha mãe.

Sobre os taletas para o Vasco de Sinês, eu não me oponho, pois é uma condição totalmente diferente da do Elder Granja.
Para lá serão enviados atletas amadores ou semi-amadores sem espaço, totalmente válido para que ganhem experiência.
Já a situação de Élder Granja é o oposto: um atleta contratado para ser titular que hoje foi emprestado para jogar em outro time, com parte dos seus salários pagos pelo Vasco.
Agora fazemos filantropia.


PS: O QUE É JÉFERSON SILVA???????
Eu sei que eu pego muito no pé de Fumagalli, mas dessa vez PC abusou!

Léo disse...

Galera:

Está quase na hora do jogo. Claro, estamos descrentes numa vitória. Mas, já epnsaram se ela vem?

É o típico jogo. Se perder, resultado quase que normal (falo pelo momento do nosso time), se ganhar, que moral para a sequência do campeonato, hein?

São exatamente 16 horas em Vitória. Estou colado na telinha. Bom jogo Vascão, sorte para nós.

Abraços.

Liso disse...

Fim 1o tempo.Criamos e não fizemos. É a falta do homem gol!

Léo disse...

Brincadeira Liso:

Criamos muiiiito e não fizemos.

Diferente dos jogos anteriores, o Vasco partiu com tudo e, com apenas 02 minutos, se o Zé Roberto não tivesse sido fominha, já poderia ter aberto o placar, pois eram 03 contra 01.

No final do primeiro tempo, a triste realidade: 12 finalizações, nenhum gol. Taí porque só empatamos.

O tal do Rafael Coelho (que mais parece uma barata), além de não saber bater panaltis, também não sabe fazer gol de dentro da área e sem goleiro.

Ps: Como eu queria queimar minha lingua, gente, como eu queria, mas, é bom tomar cuidado, estamos diante do Inter.

Bom segundo tempo para nós e que aquele velho ditado de quem "quem naz faz, leva" não seja uma realidade para o Vasaco no jogo de hoje, pois ele não merece, não mesmo...

Léo disse...

Brincadeira Liso:

Criamos muiiiito e não fizemos.

Diferente dos jogos anteriores, o Vasco partiu com tudo e, com apenas 02 minutos, se o Zé Roberto não tivesse sido fominha, já poderia ter aberto o placar, pois eram 03 contra 01.

No final do primeiro tempo, a triste realidade: 12 finalizações, nenhum gol. Taí porque só empatamos.

O tal do Rafael Coelho (que mais parece uma barata), além de não saber bater panaltis, também não sabe fazer gol de dentro da área e sem goleiro.

Ps: Como eu queria queimar minha lingua, gente, como eu queria, mas, é bom tomar cuidado, estamos diante do Inter.

Bom segundo tempo para nós e que aquele velho ditado de quem "quem naz faz, leva" não seja uma realidade para o Vasaco no jogo de hoje, pois ele não merece, não mesmo...

Liso disse...

É Léo, a do Zé foi demais. Meu Deus, o Rafael Coelho dentro da área....

Vamos lá Vascão....

abraços

Liso disse...

Injustiça.... só que "quem naz faz, leva"

Liso disse...

Penca de gols perdidos...

Liso disse...

SÍNDROME DO INTERVALO - NÃO VOLTAMOS PRO 2o TEMPO. VOLTA ELTON, VOLTA A. TEIXEIRA.