quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Formatar a máquina!


Se você tem (ou "teve", se é que dá pra viver sem) um computador ou notebook, com certeza você já formatou sua máquina pelo menos uma vez. 

Eu já formatei meus computadores várias vezes. e normalmente por algum problema que eu tentava, tentava, tentava descobrir, mas não conseguia identificar e consertar, daí ficava mais fácil apagar tudo e começar do zero.

O Vasco precisa de uma formatação. Se você me perguntar quais os problemas do Vasco, e eu ficar apenas dentro de campo, a lista é grande. Passa por não termos um reserva para o Martín Silva até a inoperância e ineficiência do ataque, sem deixar de mencionar a zaga sempre mal posicionada, perdendo no 1x1, rebotes e divididas, e claro, o Guiñazú, que é um exemplo de profissional, gente fina pra caramba, mas acabou pro futebol. 

Mas não é só isso. Temos um lateral esquedo que eu jurava que ia vingar num time grande, mas me enganei redondamente. O Cristiano é tão ruim, que eu não consigo lembrar de UM lance dele positivamente. O Cara é uma avenida, e erra tudo na frente. E parece que a diretoria se tocou disso, porque contratou Urby Emanuelson, que ... se por um lado eu desconfio de um cara que não arrumou um time na Europa pra jogar, por outro, vendo as atuações de Cristiano, não dá pra ser contra sua vinda.

Na direita, o Madson do estadual morreu, temos tentado achar uma solução ( e eu já apontava para a falta de laterais nesse elenco) e até improvisar Serginho tentamos. 

O meio é uma piada. Serginho é o volante Moto-boy; Corre, Corre e entrega. Guiñazú, Deus lhe guarde, não tem o fôlego pra bancar a ruindade do time e as avenidas que se formam. Podem reparar na quantidade de gols que o Vasco toma com a jogada chegando pelo CENTRO do campo! Pombas! Ataque vindo pelo centro é falta de cobertura dos volantes!

Na criação, ninguém acerta PORRA NENHUMA. E se ninguém acerta nada, imagina só se o ataque poderia chegar no gol!!

Tá tudo errado! O Vasco está quebrando RECORDES de ruindade! Já fomos rebaixados antes, mas ver um time peladeiro totalmente perdido como esse chega à dar dor na vista. E o pior, é que eu acho que o Jorginho não tem culpa nenhuma nisso... chegou no meio da putaria e tá vendo pica voar pra todo lado num time que está ENTREGUE.

O Vasco já está rebaixado. Eu diria até mais; Só vamos poder pensar em pontuar no momento que isso for sacramentado matematicamente, porque aí esse nervosismo vai sair da cabeça dos caras. Nesse momento, o foco do Vasco tem de ser beliscar alguma coisa na Copa do Brasil, que misteriosamente, o time joga de maneira totalmente diferente, e no brasileiro, tentar NÃO ser o PIOR time de todos os tempos.

Portanto, que FORMATEM o Vasco. Não sou iludido de achar que essa diretoria vai pra lugar algum... isso só acontece no dia que os Vascaínos votarem com o interesse DO VASCO em mente, não para ganhar alguma coisa com isso.

O que eu espero é que a diretoria "passe a régua" nesse elenco. 

Ele já não deu liga no ano passado, quando eu comentei aqui nessa página sobre o "fastio" (existe, pode procurar no dicionário) desse time; um bando de velhos que não tem mais tesão nenhum em sangrar pelo Vasco. Um monte de gente que ganhou de tudo no futebol, fez fortuna, jogou em grandes times, alguns até serviram a seleção (não só do Brasil) e hoje tem de se "contentar" em jogar num time ridículo, num clube semi-falido, com uma média de idade maior que a idade de Cristo quando foi pregado na cruz.

Não me entendam mal: não estou dizendo que ninguém ali é mal-intencionado, está "cagando" pro Vasco ou não se importa em perder. Estou me referindo à um estado de espírito inerente ao ser humano, estou dizendo que não dá pra montar um time com a imensa maioria dos jogadores estando na "reta dos boxes" das suas carreiras, uma outra parcela de jogadores claramente de calibre insuficiente para jogar no Vasco, e apenas um ou dois jogadores além de questionamento; Silva e Luan.

Querem um exemplo claro? Dagoberto. É nítido que o Dagoberto não quer jogar no Vasco... se é que um dia quis. Mas pelo menos ele está sendo honesto e está se movimentando para sair, assim como o Marcinho fez no meio do ano.

Antes de contratar um jogador de idade, principalmente alguém que está à MUITO tempo sem se destacar, é preciso saber se esse cara QUER jogar no Vasco. 

Não é "aceitar" jogar no Vasco, é QUERER jogar no Vasco. 

O Vasco NÃO pode mais ser cabide de emprego, não pode mais ser fim de carreira para gente que quer pegar o contra-cheque no fim do mês e pronto. O Vasco não é GRANDE, o Vasco é GIGANTE e em TODAS as vezes que foi campeão, mesclou jogadores de qualidade experientes e jovens da base. Podem procurar aí nos pôsteres das dezenas de títulos do Vasco, que na maioria das vezes, metade do time do Vasco era de jogadores formados em casa, com "sangue nos olhos".

Futebol hoje é nivelado por baixo, e se o cara não tem aquele TESÃO em dar algo á mais, não dá pra fazer um time vencedor. Toda vez que o Vasco está em apuros a gente se questiona porque caralhos times muito inferiores como Avaí, Chapecoense e outros da estirpe estão lá em cima, enquanto o Vasco patina na lama, e o motivo é esse. No fundo, no fundo, é simples; basta fazer a limpa nesse elenco, entender quem está comprometido com o Vasco, não só "sendo profissional", e subir todo jovem da base que faça meia dúzia de embaixadinhas para um projeto de longo prazo.

Aliás, eu começava isso agora. Já aproveitava essas tantas rodadas que faltam para dar "cancha" aos garotos e montava o time da série B com eles e alguns reforços pontuais.

"Ah mas assim nem subimos pra série A ano que vem"... 

... sim, e daí? Está na hora de fazer um planejamento sério pro Vasco, parar com esse papo de "time grande" que só passa vergonha na série A, e aproveitar essa camisa pra fazer um trabalho sério de longo prazo, para quando subirmos, não cairmos mais. 

Eu duvido que o Vascaíno de verdade não vá comprar a ideia.



3 comentários:

Nildeval Sten disse...

Isso aconteceu quando o Corinthians caiu. Foi realizado um trabalho longo, sério, pensando sempre no bem estar do Clube. Os resultados surgiram e o time embalou de vez. Ontem, com vários desfalques, mesmo com erro de arbitragem, os garotos da base fizeram toda a diferença. O que não pode é o Vasco ficar na B no ano que vem, voltar para a A em 2017 e 02 anos depois cair novamente. Por mais que o clube esteja endividado, o futebol tem que ser tratado com respeito, seriedade. O Vasco já revelou tantos craques para o futebol brasileiro e mundial, por que isso não acontece mais? Dá pena ver o garoto Jordi dando entrevista e afirmando que enquanto houver chance o time vai lutar. Lutar?

Murilo disse...

Amigos, as entrevistas são da boca pra fora. Eles sabem que já era, só não podem colocar isso publicamente. A postura, de todos em campo, prova isso. ACABAMOS!

Rui Moura disse...

Caro Gabriel Gago

Quero felicitá-lo pela sua lucidez. É raro encontrar torcedores capazes de exercer o seu racional, de pensar bem e discernir melhor. Tendo em consideração que o seu Vasco e o meu Botafogo caíram por 5 vezes em apenas 13 anos [admito que o Vasco já tenha caído este ano], é hora de ambos os clubes enfrentarem com seriedade - muita seriedade - os problemas do clube e do seu futebol, do seu departamento de futebol, estabelecer uma visão, definir uma ambição, montar uma estratégia e executar um plano rigoroso a médio e longo prazo. O futebol brasileiro agoniza e os nossos dois alvinegros também. Se não se reerguerem, os apóstolos da 'espanholização' do futebol carioca acabarão por conseguir fazer valer o domínio absoluto das Laranjeiras e da Gávea.

Tomarei a liberdade de citar um excerto da sua publicação no meu blogue e 'linkar' o blogue no meu.

Abraços Alvinegros.