domingo, 26 de fevereiro de 2012

[Carioca, Final da Taça Guanabara]

 

Deu merda amigos, deu merda…

Perder é ruim, perder a final é muito pior.

Não adianta nada chegar na final 100%, e perder para um time que já havíamos vencido e deveríamos estar carecas de saber como joga. Ao invés disso, o Vasco sempre que joga contra o Fluminense parece que se surpreende, que não sabe que tem que ficar em cima do Fred e do Deco o tempo inteiro, e agora em cima do Thiago Neves também. A já havia sido assim no turno, e novamente o Vasco cometeu os mesmos erros contra o mesmo adversário. Perdeu com toda a justiça para as tricoletes, que ainda contaram com a ajuda da arbitragem.

Em todos os lances a arbitragem se enganou, e o primeiro lance que ela ACERTA é justamente um pênalti contra o Vasco? Para não falar das faltas inexistentes, impedimentos fantasmas e inversões de lances. Para roubar um time não é só ignorando um pênalti, essa é apenas uma maneiras, tão eficiente quanto ir errando e minando o time os 90 minutos.

Mas, independente da arbitragem, perderíamos:

Porque o Fágner devia ser ala direito e ficar longe da área, já que perto dela só faz pênalti, falta ou toma um drible.

Porque Fernando Prass resolve aprontar justo na final.

Porque volto a dizer que com um meio campo que têm Nilton e Fellipe Bastos, só Jesus salva.

E porque nem jogando com um atacante como William Barbio, que faz praticamente a mesma função do Éder Luís, Cristóvão coloca o Diego Souza na posição certa.

Aí, fica “difírciu”

Mas acabou, choremos por hoje, e amanhã cobraremos que tiver que ser cobrado. Vamos cobrar uma posição do Bernardo que poderia ter ajudado em campo hoje, vamos cobrar ver Tenório e Abelairas em campo finalmente, vamos cobrar  um reforço para esse meio campo que está com dois jogadores a menos com a contusão de Rômulo e a saída de Jumar e finalmente, vamos cobrar a FERJ?

A cada dia que eu vejo o futebol brasileiro, vai me dando menos vontade de assistir futebol.

image

Com a palavra, Léo:

Vasco 1 x 3 Unimed

Poderia ter sido de mais, muito mais...

Na verdade, o Vasco tomou um baile, fez feio, num dia em que NADA deu certo.

Nosso lado esquerdo ainda continua muito fraco. Precisamos de investimentos urgentes, inclusive um outro atacante...

Pra começar, cabe uma perguntinha bem simples. Felipe Bastos, Eduardo Costa e Nilton podem e Felipe não? ? ? É difícil entender como um técnico ou auxiliar deixa o Felipe no banco e vários brucutus e pernas de pau em campo. Não, Meus Amigos, não dá para entender mesmo. Perdendo de 2 a zero o cara ainda me coloca um volante no lugar de outro? ? ?

Mas como eu disse acima, um dia em que nada deu certo. O Feltri não acertou um cruzamento sequer. O Fagner fez um pênalti infantil. O Alecsandro e Diego Souza estiveram totalmente apagados e até nosso goleiro falhou bisonhamente no segundo gol. Aliás, a única chance de real do Vasco na primeira etapa foi aquela em que Diego Souza mandou uma bola na trave, quer dizer, 45 minutos e apenas uma chance.

Sei que todos vão perguntar. Como pode um time ganhar todas as partidas até então, fazer 08 pontos a mais que o adversário e cair justamente na derradeira? Ou ainda, do que adianta ganhar todos os jogos e tropeçar no decisivo?

Como vocês, também não consigo entender como o time pôde ter este apagão e jogar tão mal. Entendo até o velho ditado que diz que clássico é clássico e vice-versa (Jardel), onde pode acontecer de tudo. Na verdade, o que mais frustrou foi exatamente ver o Vasco assistir o Unimed jogar. Fomos dominados praticamente o tempo inteiro, mostrando nossos jogadores totalmente apáticos. No desespero, até nosso Mito se lançou ao ataque, sem sucesso.

Nossa maior vitória foi mesmo ter tirado o menguinho da disputa, no mais, ficamos no aguardo e na reação de nossos atletas para o tão desinteressado campeonato carioca. Não, Meus Amigos, não estou menosprezando, pelo contrário. Mas convenhamos, na quinta-feita já teremos o Bangu pela frente. É vitória quase certa. E daí, alguém se importa? ? ?

Abraços e uma boa semana.

Ps. Bernardo, Eder Luís, Tenório, Abelarias, Carlos Alberto. Quem dá conta desta turma toda? ? Vale a pena o investimento para os caras ficarem em casa assistindo de camarote e só pegarem o cascalho no final do mês? ? ?

14 comentários:

Léo disse...

O objetivo do Vasco em ganhar a Taça Guanabara era o de ficar mais tranquilo na sequencia da Libertadores. Ou seja, a única coisa que altera é que vamos ter que ganhar a Taça Rio para entao fazermos a final, que aliás, deve ser o objetivo.

O que quero dizer é que nao muda absolutamente NADA a Taça Guanabara. Aliás, o time pode ganhar todas as partidas e, ainda assim, nao ter nem a vantagem do empate no jogo final.

É preferivel perder algumas partidas, jogar mal em alguns jogos (mesmo diante dos pequenos) e chegar a partida final e jogar bem, ser campeao, como foi o caso da Unimed.

Uma coisa se mostrou CLARA. O Vasco tem elenco, mas nao tem malicia para vencer a burocracia.

Ter 600 jogadores que nao podem atuar devido a documentaçao chega a ser irritante...

Abraços.

Zé Julio disse...

100 % pra nada. Deixamos nossa pior partida logo para a final.
abs

Digo disse...

Putz.... Eu estava acreditando no título!!!

Nilton e Rodolfo.... meu Deus!

Carla Lia disse...

Quem explica o Felipe tanto tempo no banco, era um jogo decisivo.

abs

Lenon disse...

Urgente.... Tragam o Anderson Martins de volta!

abs

Paulo da Cancela disse...

Jogo sem garra em decisão, só pode terminar assim. Nos livramos de uma goleada, o vexame seria pior!

sds

Manfredi disse...

E eu avisei: Entreguem para o Boa Vista, por pouco não tomamos um chocolate!

Ruy disse...

Ontem, mérito do Abel, que neutralizou nosso fraco meio de campo e durante todo o 1o tempo o Fagner não fez nada. Não penetrou uma vez sequer!


abs

Kiko disse...

Acho que o forte calor de ontem enlouqueceu o Dedé e olha que o danado ainda meteu uma na trave, exemplo de garra!

Saravasco

Vasconcellos disse...

Abre seu olho Dinamite, pare de ficar pensando apenas em novos uniformes e pense em novos reforços. Agora vc me vem de Pará, para com isso!

Caio disse...

Vivemos a sindrome do VICE !!!

Murilo disse...

Jogamos nada, é verdade. Mas, o juizinho...... que vergonha! Só travou o Vasco!

Lair Dias disse...

Sei que o SE não entra em campo, mas gostaria de destacar alguns: se o bandeirinha não errasse naquele impedimento do Fagner, a chance de gol era imensa e o jogo estava 0X0; se o Felipe tivesse entrado logo no 2o tempo, o Fluminense ficaria mais vulnerável no meio de campo e prenderia seus laterais; Se a bola do Diego tivesse entrado..... o jogo seria outro. Na verdade o Flumimed jogou a altura do seu elenco e o nosso Vasco jogou sem opções, deu a lógica. Ansioso pelo retorno da turma do depto. médico.

Sds

João Vitor disse...

Leiam meu blog, por favor, sobre o Vasco da Gama.

http://bolanarede2000.blogspot.com/

Obrigado, espero que gostem.