sábado, 18 de outubro de 2008

Esperança vascaína

Alô, Almirantes...

Ficou confirmado. O médico Clóvis Munhoz vetou a participação de Leandro Amaral no clássico de amanhã. O que esperar do Vasco sem o atacante?

Bem, vamos analisar o que o Vasco vai perder em campo: um jogador experiente no ataque. Leandro Amaral realmente é um cara que os jogadores menos experientes sempre procuram na hora do desafogo. Com os dois gols na última partida contra o Sport e com a ausência de Edmundo, a importância de Leandro Amaral em campo seria ainda maior neste clássico. Sem ele, o ataque fica sem essa referência.

Tecnicamente, Leandro Amaral é um cara com muita velocidade que cai para os dois lados do campo e busca muito o jogo. Seu substituto, Alan Kardec, é um cara mais de referência na área vascaína (o famoso pivô).


DUPLA ENTROSADA


Dessa substituição, eu comemoro duas coisas: sem Leandro e com Alan, Madson e Alex Teixeira terão um homem de referência no ataque. Os dois chegariam de trás e poderiam se embolar com Leandro Amaral, que também estaria em movimento. Com um cara parado ali na frente, os dois armadores cruzmaltinos teriam um cara para poder tabelar.

Outra coisa boa da entrada de Alan Kardec é que será a primeira vez que ele formará de fato uma dupla de ataque com Alex Teixeira. Os dois jogam juntos desde as categorias de base e foi com Alex Teixeira como dupla de ataque que Alan Kardec quebrou um recorde de gols das divisões de base vascaína.


PRESSÃO É MAIOR DO LADO DE LÁ


Tem outra: bem ou mal, mesmo sendo clássico, o Vasco é azarão nesta partida. A pressão está muito mais em cima do Flamengo, que perdeu na última rodada e está quase sem chance de conquistar o título brasileiro. Os flamenguistas que eu conversei já admitiram que só a Libertadores é pouco. Por isso, a pressão lá é maior.

Do lado vascaíno, tem a pressão do rebaixamento. Mas, bem ou mal, o Vasco está convivendo com isso há um tempo. Vendo pelos números, o Flamengo tem 3% de chance de ser campeão e o Vasco tem 30% de chance de fugir do rebaixamento.

É isso, galera!
Mais uma vez, temos que torcer muito para o Vasco sair dessa!!

SaraVasco a todos!

PS: Eu odeio o Odvan!

14 comentários:

Carla Lia disse...

É o jogo da pressão Dennis. Só nos resta torcer muito e lotar o Maracanã!

Eu também odeio o Odvan!!!!!

Abraços

Digo disse...

Eu também DIGO - hehe

EU ODEIO O ODVAN

VAMOS VASCÃO

Abraços

Kiko disse...

Plantão "DA ESPERANÇA"

Alan Kardec garante entrosamento com Alex Teixeira

Substituto de Leandro Amaral, lesionado, o atacante Alan Kardec, do Vasco, fala sobre o clássico contra o Flamengo, neste domingo (19/10), às 18h10min, no Maracanã, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Venho treinando todo esse tempo esperando uma oportunidade. Agora uma oportunidade tão grande quanto essa, de jogar um clássico nessa situação em que o nosso time se encontra, precisando sair da zona do rebaixamento, ainda mais contra o Flamengo", disse ao repórter Rodrigo Campos, da Rádio Manchete.

O jogador comenta a rivalidade com o adversário.

"É sempre bom jogar contra o Flamengo, o nosso maior rival. Espero poder ajudar com muita força de vontade, correndo o campo inteiro, para conseguirmos sair com um bom resultado".

O atleta não acredita que faltará entrosamento com o meia-atacante Alex Teixeira, pelo fato de não virem atuando juntos.

"Nós nos conhecemos desde pequenos, então acho que não terá problema nenhum. Já jogamos várias partidas um ao lado do outro. Espero que ele possa me ajudar dentro de campo, eu possa ajudar ele, e o nosso time sair vitorioso".

Alan fala sobre o mau aproveitamento da dupla no treino de finalizações nesta sexta-feira (18/10) e as reclamações do técnico Renato Gaúcho.

"A gente faz dentro do treino mais ou menos o que vamos fazer no jogo. O que ele frisou mesmo, ele tem razão, porque não tivemos tanta eficiência. Mas espero que no jogo as bolas possam entrar e todos estejam preparados", disse ao repórter Cláudio Perrout, da Rádio Globo.

O jogador comenta a sensação de que a pontaria está descalibrada.

"É, isso é verdade. Não digo que está descalibrada assim, até porque no treinamento treinamos para aprimorar, acertar mais. Mas o que vale mesmo é no jogo".

O atleta evita tecer comentários sobre os zagueiros do Flamengo.

"Eu prefiro não comentar muito sobre o time adversário. Prefiro mais frisar a força que o nosso time tem, a união que o nosso elenco tem e os bons jogadores. Trabalhamos forte durante a semana para tentarmos buscar um bom resultado".

Mas Caio Júnior, técnico do rival, elogia Alan.

"Acho que é uma perda considerável para o Vasco, mas o substituto, o Alan Kardec, é um jogador que finaliza muito bem. São características diferentes. Eles perdem por um lado, mas ganham um jogador que cabeceia bem e tem a referência muito parecida com a característica do Obina. É um jogador que luta ali dentro da área. Muda um pouco o estilo".

Fonte: VascoExpresso-NetVasco
==

Hehehe Digo - Eu também Digo: Eu odeio o Odvan - tô na campanha...


Torcer e torcer amigos

Saravasco

Manfredi disse...

Com a esperança é a última que morre, vamos torcendo muito depois deste macabro episódio do Odvan – imperdoável!
Espero que o Gaúcho e o nosso time tenham aproveitado esses longos dias de treinos, pois num passado recente todos foram para o lixo – vide Teresópolis.

Saudações e bom jogo amigos.

Ps Valeu Leo

leo disse...

Dennis e Amigos:

Hoje, o Vasco voltou para a lanterna. Dos resultados de ontem, somente o Santos ganhou, afastando em definitivo a posibilidade de cair; Figueira e Ipatinga empataram e o At.Paranaense perdeu do Inter. É aquele negócio. Estamos na torcida 24 horas para que os que estão lá na parte de baixo tropecem. Agora, o Vasco também precisa fazer a parte dele.

O bom da rodada é que "jogaremos por 02 resultados". Vitória e empate. Estranho né? Mas vejam, se marcarmos pelo menos um pontinho hoje, sairemos da lanterna e buscaremos uma vitória lá no Serra Dourada, diante do perigoso Goiás, que, a rigor, se perder hoje para o Coritiba, já não terá mais qualquer chance na Libertadores. Complicado? Então, vamos parar por aqui.

Abraços, bom domingo e bom jogo.

Ps: Em 99/2000/2001 tínhamos time BEM superior a eles e quem foi campeão?...

Liso disse...

E a defesa....... que falta do L.A.

leo disse...

É Liso:

Jogamos melhor o primeiro tempo e tomamos um gol bobo do Obina? Ninguém merece viu.

É muita humilhação para o pobre coração vascaíno. Prá piorar, o Náutico vai vencendo o Sport por 1 a 0; o Unimed empatou em 2 a 2 com o Vitória. Tá difícil...

leo disse...

PQP:

O bobina recebu a bola e tinha exatamente QUATRO defensores e NINGUÉM tirou a bols. Não dá para acreditar... 0u melhor, com esta defesa, DÁ PARA ACRDITAR.

Liso disse...

Só um PQP Leo. Que vergonha!

leo disse...

É amigos:

Não dá amigos

Nosso desempenho é mesmo PÍFIO.

Odvan, Odvan, como eu te odeio cara...

Jogamos quase todo o segundo tempo com um homem(?) a mais e NADA.

Siceramente, assim não dá.

Não adianta fazer contas. Meu Deus.

Foi uma rodada terrível para nós. Se as anteriores foram TODAS favoráveis, uma hora, seria DESASTROSA.

Vejam que só o Atlético Paranaense não marcou, até a Portuguesa VENCEU o líder.

RESUMINDO:

Custei para acreditar, mas nossa REALIDADE é mesmo esta.

-Ou GANHAMOS do Goiás ou... é SEGUNDONA mesmo.

Mais uma noite sem dormir. Que pesadelo...

Carla Lia disse...

Quanto sofrimento Leo e amigos!

Abraços

Manfredi disse...

Não entendo como ficamos 10 dias treinando e ainda vemos o que aconteceu na jogada do Obina, que vergonha! Mandem para o lixo esse Jorge Luiz e rua com o Odvan. Era o jogo para o Leandro Amaral.

Também não dormirei Leo, fui ao jogo e estou muito tenso!

Abraços

Digo disse...

AGORA ACABOU AMIGOS!!!!!

ODVAN - EU TAMBÉM TE ODEIO...

ABRAÇOS

Fabinho disse...

Infelizmente o nosso amigo DIGO está certo! Agora acabou!!!!!!!!


abraços